Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Seg | 20.08.18

Nada substitui o leite materno

Medicinas Alternativas

Foto de news.un.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) publicaram em Abril uma nova orientação com dez passos para aumentar o apoio ao aleitamento materno nas unidades de saúde que prestam serviços de maternidade e para recém-nascidos. A amamentação de todos os bebés nos primeiros dois anos pode salvar a vida de mais de 820 mil crianças com menos de cinco anos todos os anos.

A publicação “Dez passos para o sucesso do aleitamento materno”, em português) sustenta a Iniciativa Hospital Amigo da Criança, lançada em 1991 pela OMS e UNICEF. Essas orientações práticas incentivam novas mães a amamentarem e informa os profissionais de saúde sobre a melhor forma de apoiar o aleitamento materno.

A amamentação é vital para a saúde de uma criança ao longo da vida e reduz os custos para as unidades de saúde, famílias e governos. O aleitamento materno na primeira hora de nascimento protege os recém-nascidos de infecções e salva vidas. Os bebés correm maior risco de morte por diarreia e outras infecções quando são amamentados parcialmente ou não são amamentados. A amamentação também melhora o QI (inteligência), o desempenho e a frequência escolar, além de estar associada a rendas mais altas na vida adulta. Também reduz o risco de cancro de mama nas mães.  

“A amamentação salva vidas. Seus benefícios ajudam a manter os bebés saudáveis em seus primeiros dias e também na idade adulta”, disse a directora executiva do UNICEF, Henrietta H. Fore. “Mas a amamentação requer apoio, encorajamento e orientação. Com estes passos básicos, implementados adequadamente, podemos melhorar significativamente as taxas de aleitamento materno em todo o mundo e dar às crianças o melhor começo de vida possível.”  

O director-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que em muitos hospitais e comunidades de todo o mundo, o fato de uma criança ser amamentada ou não pode fazer a diferença entre a vida e a morte e em seu desenvolvimento para alcançar seu pleno potencial”.

"Os hospitais não existem apenas para "curar"os doentes. Eles estão lá para promover a vida e garantir que as pessoas possam prosperar e viver suas vidas em todo o seu potencial”, alegou Tedros. 

A nova orientação descreve passos práticos que os países devem adoptar para proteger, promover e apoiar o aleitamento materno em unidades que prestam serviços de maternidade e neonatos/recém-nascidos. Eles fornecem a plataforma imediata do sistema de saúde para ajudar as mães a iniciarem a amamentação na primeira hora após o parto e amamentar exclusivamente pelo menos 6 meses.  

A publicação também orienta como os hospitais podem ter uma política de amamentação escrita, competências das equipes e cuidados pré-natais e pós-parto, entre eles o apoio à amamentação para mães. Também recomenda o uso limitado de substitutos do leite materno, alojamento conjunto, alimentação responsável, educação dos pais sobre  chupetas e apoio para quando as mães e seus bebés receberem alta hospitalar.  

De revistaglamour.

 

Nota 
O início precoce da amamentação, dentro de uma hora após o nascimento, protege o recém-nascido de infecções e reduz a mortalidade neonatal/recém-nascido. Aumenta ainda as chances de uma continuação bem-sucedida da amamentação. O aleitamento materno exclusivo por seis meses traz muitos benefícios para o bebé e a mãe. O principal deles é a protecção contra infecções gastro-intestinais e desnutrição, que são observadas não apenas nos países em desenvolvimento, mas também nos desenvolvidos.  

O leite materno também é uma importante fonte de energia e nutrientes para crianças de seis a 23 meses. É capaz de suprir a metade ou mais das necessidades de energia de uma criança entre seis e 12 meses e um terço das necessidades de energia entre 12 e 24 meses. Também é uma fonte fundamental de energia e nutrientes durante períodos de doença e reduz a mortalidade entre crianças com má nutrição.  

Crianças e adolescentes que foram amamentados quando bebés são menos propensos a apresentarem excesso de peso ou obesidade.  

Existem alguns técnicos de saúde como enfermeiros e médicos, ao receberem comissões de fábricas de produtos de leites artificiais, aconselham amamentar os bebés e crianças pequenas com esses produtos artificiais. Leite artificial jamais pode substituir o leite materno, salvo raríssimas excepções.

 

Já conhece esta planta nigela?

Conhece os 16 benefícios da cenoura?

Azeite; Óleo de coco

Parto normal beneficia a saúde do bebé

Amamentar reduz o risco de cancro

O micro-ondas é prejudicial para a sua saúde ?

Micro-ondas: Perigo, aquecer comida em recipientes de plástico

 

Fonte:

Cico Vivo

ONU

UNICEF

Porque os teus avós não sofriam de alergias, já os netos não podem afirmar o mesmo

Dom | 19.08.18

A mamografia é inútil

Medicinas Alternativas

Mamografia - Peritos desaconselham este tipo de exame!

De Pravda-TV

 

 A mamografia para além de poder ser dolorosa pode também ser potencialmente perigosa para a mulher, devido ao tipo de ondas que emite. Portanto, as mulheres que sistemáticamente fazem exames de mamografia poderão contrair cancro de mama, para além de poderem também obter falsos positivos, como demonstram os imensos casos no passado.

A mamografia não previne e ainda menos cura. O perigo de contrair um tumor maligno aumenta com a mamografia.

O Grémio de Peritos Suíços (SMB) desaconselha terminantemente e publicamente desde 15 de Dezembro 2013 a mamografia. Depois de vários estudos concluiu que em 1.000 mulheres examinadas através da mamografia só apenas em 1 ou 2 mulheres é que conseguiu avisar atempadamente. Portanto e resumindo, só uma ridícula taxa de eficácia de cerca 0,1% ! 

Contudo e apesar do perigo que representa a mamografia para a saúde da mulher, há ainda o perigo de em cada 1.000 mulheres examinadas, 100 mulheres poderem obter um diagnóstico errado! Ou seja, 10% dos diagnósticos obtidos pela mamografia que as mulheres diagnosticadas obtêm é inteiramente falso, - falsos positivos - e não raro o passaporte para a a tortura da quimioterapia e/ou radioterapia e no final após tanto sofriemento a morte.

O mesmo relatam vários  jornais médicos europeus!

Tudo indica que a mamografia é mais um exame não só inútil como ainda perigoso para a mulher.

O exame manual, que cada mulher pode fazer em si própria, quando bem executado, pode ser tão ou mais eficaz que a melhor máquina existente actualmente!

Imagem: clubeda-saude.

 

Nota: 

É preciso também não esquecer, muitas mulheres transportam quistos mamários toda a vida sem que se desenvolvam daí tumores malignos, até porque muitas mulheres no ocidente bebem leite e derivados, daí facilmente aparecerem os quistos. O problema é quando a mamografia "desencanta" um ou vários quistos com poucos centímetros e acusa como falsa positivo  ou assustam a mulher com a afirmação de que poderá ter/desenvolver-se a partir desse momento um cancro!

 

Fontes:

zentrum der gesundheit

aerztezeitung

Medicinas Alternativas

doccheck

Sab | 18.08.18

Receitas rápidas e deliciosas para ficar doente

Medicinas Alternativas

Receitas deliciosas e infalíveis para adoecer !

Hoje é muito fácil adquirir doenças, cada dia que passa novas doenças aparecem, desde as mais simples às mais destruidoras, graves e mortais.

Imagem: wixstatic.

 

Dicas rápidas e fáceis para adoecer:

- adoçantes químicos/artificiais/sintéticos

- agro-tóxicos/químicos

- açúcar à vontade e em qualquer quantidade (especialmente o refinado)

- analgésicos/anti-inflamatórios pois afinal ninguém merece ficar com dor e nada como esconder os sintomas

- anti-alérgicos pois quanta poeira não tem neste mundo

- arroz polido

- amido de milho

- beba refrigerantes e bebidas alcoólicas à vontade afinal beber socialmente não faz mal a ninguém

- carnes industriais desde embutidos até frango, porco, tilápia, salmão e outros animais confinados

- corantes artificiais
- conservantes químicos ou artificiais
- farinha de trigo refinada

- glutamato monossódico

- gordura vegetal hidrogenada
- glúten adicionado

- leite industrializado, especialmente sem gordura bem como os seus derivados também industrializados (leite em pó, leite condensado, queijos industriais com conservantes, corantes e aromatizantes)
- milho e soja transgénicos

- milho e tomate transgénicos

- não beba água para não precisar ir urinar a toda hora

- o uso de drogas ilícitas são proibidas mas pode fumar tabaco cheio de químicos, beber bebidas alcoólicas, tomar drogas farmacêuticas à vontade. Afinal não são drogas ilícitas

- óleos refinados

- óleos transgénicos

- ovos de granja/baterias industriais produzidos intensivamente e em larga escala

- peixe de aquacultura

- sal refinado: mais de 5 gs por dia

- tome drogas farmacêuticas à vontade (esqueça essa coisa de fitoterapia, chás medicinais e homeopatia)

- tome antibióticos/antivida, dessa maneira sempre vai arranjando mais umas doenças para si

 

Preparação:
Utilize estes ingredientes misturados como você quiser e quantas vezes por dia perfazendo 2000, 3000 Kcal ou mais.

Use e abuse do micro-ondas. Ele é prático, rápido e consegue trazer-nos mais umas quantas doenças.

Use frituras e grelhados à vontade e para economizar reaproveite o óleo transgénico indefinidas vezes.

Não mastigue os alimentos, é mais fácil engolir inteiro.

Não utilize mais que 5 minutos em uma refeição. Não perca seu precioso tempo!

Escolha sempre alimentos transgénicos ou OGM.

Compre sempre alimentos com pesticidas, nunca biológicos/orgânicos.


Hábitos recomendados para acompanhar a dieta acima mencionada:

- consulte o médico frequentemente e incentive-o a prescrever-lhe drogas farmacêuticas, pois ele é especialista em comércio de drogas
- durma tarde, pois não se pode perder tempo

- evite leituras de livros, prefira a televisão e o smartphone e outras americanices

- levante-se tarde, depois do nascer do dia

- não perca tempo andando a pé. Use o carro, ele é confortável, tem ar condicionado e ajuda a indústria petrolífera e a agro-indústria de cana a prosperar, o nosso sistema músculo-esquelético foi feito para estarmos sentados

- não tome sol e use protector solar. Prefira a iluminação artificial

- não se movimente, fique sentado o maior tempo possível

- nunca perca tempo lendo sobre saúde e qualidade de vida. O negócio é aproveitar a vida!

- nunca perca tempo fazendo exercícios. Se fizer, basta o exercício do comando de TV ao mudar de canal. Tome regularmente aqueles complexos  mega hiper proteinados, para ficar mais parecido aos rambos e schwarzneggers. E se conseguir comprar tome mais alguns hormônios/hormonas sintéticos(as), afinal os(as) hormônios/hormonas disponíveis em alguns dos alimentos acima indicados são poucos

- prefira o ar condicionado ao ar fresco

- tome qualquer vacina que lhe quiserem impingir. Quem sabe até um soro antiofídico preventivo caso você tenha risco de ser picado por uma cobra/víbora na cidade!

 

Orientação correcta para quem procura adquirir saúde com sabedoria !
Se quiser ter saúde, vai ter de evitar tudo o que em cima está escrito. 
De facto, muitos itens deveriam ser erradicados de nossas vidas.
Consulte técnicos de saúde mas que ajudem a encontrar as causas das doenças e não apenas a passar o tempo a tratar sintomas.

Coma preferencialmente alimentos biológicos/orgânicos ou produzidos localmente sem agro-tóxicos/químicos, integrais, crus quando possível à excepção dos alimentos que precisam mesmo ser cozinhados (preferencialmente a vapor).

Cuidado com os modismos na área de saúde e com as chamadas dietas milagrosas.

Entenda o que está acontecendo, informe-se a respeito de saúde.

Evite alimentos industrializados e processados. Se possível coma em casa ou leve seu alimento natural para comer durante o dia.

Evite as emoções e sentimentos negativos, elas não ajudam nada.

Para se ter saúde é necessário mudar hábitos conscientemente. Procure evitar os maus hábitos.

Querer ter saúde sem mudar maus hábitos, como a alimentação desadequada é tarefa impossível.

Orar/meditar a Deus nunca fez mal a ninguém (nem tem efeitos secundários). Orar por saúde e por sabedoria para buscar saúde e harmonia é um sinal de inteligência e sabedoria (e não tem de comprar na farmácia)!

 

Temas relacionados:

Confia na água que bebe?

Alimentos contaminados: Mercúrio e pesticidas

Estudo: alimentos da agricultura convencional, muito contaminados com pesticidas

Frutos e legumes biológicos funcionam como boas vacinas

Agrotóxicos: O veneno no seu prato

O nosso veneno quotidiano. Não podemos confiar nas instituições governamentais....

 

Fonte: (Adaptado)

Dr. Márcio Bontempo
Medicinas Alternativas

Sex | 17.08.18

A carne de porco

Medicinas Alternativas

Comer carne de porco é doentio por ser a carne mais doentia!  

Sim é verdade, tanto o Corão (dos muçulmanos) como a Tora (dos judeus) proibem a carne de porco.  E isto por uma boa razão. 

Algumas religiões proíbem o consumo da carne de porco, a consideram “impura”, não saudável ou simplesmente a proibição se dá por motivos religiosos que até já tem uma base científica ou se encontram em costumes antigos que não têm mais a ver com a nossa vida contemporânea.

Existe então  algum fundamento científico para que a proibição fosse correta nos dias de hoje?

Existem afirmações científicas que apoiam tal proibição. 

Foto:greenme

 

Por natureza, porcos são animais que comem quase de tudo (omnívoros), incluindo comida estragada, fezes, urina, etc. O seu sistema digestivo, sendo muito lento por ser de grande comprimento, seria incapaz de remover todas as toxinas acumuladas em seu corpo, que acabariam sendo armazenadas em suas células de gordura e em seus órgãos.

De acordo com uma investigação feita pela Consumer Reports em 2013, 69% de 200 amostras de carne de porco crua testadas pelos estadunidenenses, estavam contaminadas com bactérias perigosas como a Yersinia enteroclitica, a salmonela, a Staphylococcus aureus, a Listeria monocytogenes, conhecidas como as causas mais comuns de doenças transmitidas por alimentos.

O estudo pode não ser tão actual e você pode até dizer que não foi feito no Brasil ou em Portugal ou noutro país latino, onde o controlo e as normas de higiene e segurança alimentar aparentemente “seriam” melhores. Serão de facto melhores?! Mas se você achar que a nossa realidade pode ser assim, ou pior, e que a carne de porco que você leva para a sua mesa pode estar contaminada, saiba que isso ainda não é tudo.

Um outro estudo diz que porcos são hospedeiros de uma série de parasitas, vírus e outros microrganismos, muitos dos quais podem ser diretamente transmitidos aos seres humanos,como a Taenia solium, a Trichinella spiralis e o Toxoplasma gondii. 

 

Uso de drogas
Além da problemática da alta contaminação alimentar através da carne de porco, existe a questão do uso indiscriminado de antibióticos/drogas farmacêuticas na pecuária em geral. O estudo da Consumer Reports encontrou também nas suas amostras feitas com a carne de porco, a ractopamina, uma droga usada para acelerar o crescimento do porco, proibida em 160 países mas permitida nos Estados Unidos em determinadas doses e também no Brasil. A Autoridade Europeia de Segurança Alimentar acredita não existir níveis seguros para o consumo dessa substância, que poderia causar no homem reações como ansiedade, inquietação, palpitações, etc.

Além disso, quando se administra antibióticos de baixa dosagem para promover o crescimento ou para a profilaxia das infecções, acaba-se por promover uma resistência das bactérias ao antibióticos, como diz o estudo.

 

Animais inteligentes
Se preocupações com a saúde não forem suficientes, pensa em como são confinados e tratados os porcos, animais super inteligentes, para satisfazer o desejo humano de comer uma carne que pode ser altamente contagiosa e cheia de fármacos nada bons para o ambiente e para a saúde humana.

O porco é um animal criado nas fazendas para abate em confinamento total, sem espaço para a simples locomoção dos bichos, que nunca ficam soltos na grama ou em pastos como o gado. Ou seja, comer fezes e beber da própria urina não é uma decisão consciente do porco, mas a única opção dada pelo homem que o trata dessa forma.

Nesses espaços eles sofrem de sarna, vomitam frequentemente e entram em depressão (sim, animais também sofrem deste mal).

Uma sondagem feita pela revista Internazionale revelou toda a crueldade cometida pela indústria alemã de suínos, país super desenvolvido, com regras claras e precisas e grande exportador de carne de nível “superior”.

 

Entre muitos absurdos, um dos que mais me entristeceu foi saber que as porcas são inseminadas artificialmente para terem um número maior de filhotes do que sua natureza permite. Depois ela amamenta os porquinhos entre uma grade que a separa deles.

 

Bom-apetite

 Nos EUA, 97% da criação é feita em jaulas e no Brasil existem vários pedidos dos órgãos responsáveis e entidades de preservação para o fim desta prática a todos os criadores que insistem em lucrar usando estes métodos tão cruéis.

E por fim, os porcos são animais super simpáticos. Podemos muito bem viver sem comê-los, você não acha?

 

Nota bene:

Durante a II Guerra Mundial, as tropas nazis de Rommel adoeceram pouco tempo depois de terem chegado ao norte de África. O médico do general Rommel, foi encarregado de descobrir o que originava o impedimento de os soldados nazis de combaterem. Pouco tempo depois, após o médico ter observado o facto de os árabes (norte africanos) não ingerirem nenhum tipo de carne de porco, constatou então que era de facto a carne de porco que causava as doenças que grassavam entre as tropas nazis. O médico elaborou o primeiro estudo ocidental sobre as doenças causadas pela ingestão de carne de porco (4 páginas A4 em alemão).

Bem mais tarde, o Dr. med. Hans Heinrich Reckeweg, publicou o seu estudo de 21 páginas sobre a toxidade da carne de porco.

 

Nesse estudo, consta:

- Efeitos da carne de porco

- Homotoxicologia da carne de porco

- Contaminantes específicos da carne de porco

- A carne de porco vicia?
- Hormônios/hormonas sexuais são cancerígenos/carcinogénicos?
- Informação geral e médica
- Consequências e conselhos

 

Nesse interessante e elaborado estudo, o Dr. Reckeweg constatou que até 1948, o povo alemão apesar de passar alguma fome e por consequência jejuar com alguma frequência, era talvez o povo mais saudável da Europa. Depois de finda a II Guerra Mundial, carne de porco praticamente não existia, outro tipo de carne quando havia era em porções diminutas (quando havia), pouca gordura animal era dada à população alemã, açúcar era uma raridade, já o pão de trigo saudável e outras farinhas havia em abundância, assim como as batatas e a beterraba, complementando a alimentação com fruta biológica e fresca.

Nessa altura, apendicites, doenças da vesícula biliar, cancros/câncer eram muito raras. Mais, reumático, problemas nos discos da coluna vertebral e doenças similares, doenças cardíacas, calcificações e doenças com a pressão arterial, eram praticamente desconhecidas.

O povo alemão começou a adoecer, a partir de 1949 quando se deu a reforma e o povo começou a sentir os efeitos modernos através da abundância do supérfluo.

 

Temas relacionados:

Cancro/câncer: Qual é pior, cigarros ou a carne?

Rins: Como desintoxicá-los e alimentos benéficos

-  Alimentação vegetariana: Baixa o colesterol, o "bom" e o "ruim"

OMS: a carne é tão perigosa como o tabaco

Médicos: Dietas vegetarianas ou veganas podem propiciar gravidez saudável

Argila Bentonita: Benefícios e formas de usar

Ovelha de laboratório e que era luminosa à noite foi parar por "lapso" ao circuito comercial da carne

Ocidente: Má qualidade do esperma dos homens

Carne vermelha inflama o intestino e até causa diverticulite

SNS inglês recusa cirurgia a obesos e a fumadores que não percam peso e não larguem o fumo

A CARNE

Frequente: Ovos contaminados com insecticida

10 alimentos que podem causar refluxo entre outras doenças; Como tratar

Rins: Como desintoxicá-los e alimentos benéficos

Pesquisa: Comida plástico como pizza, hambúrguer, cachorro-quente diminuem a inteligência

Obesidade: Cada vez se morre mais cedo

Caldos artificiais: Pedacinhos de veneno nas famosas marcas

McDonald´s? Não, nem pensar

Alimentação vegetariana: Baixa o colesterol, o "bom" e o "ruim"

Uvas, 15 benefícios: Resveratrol destrui as células-tronco cancerígenas sem pejudicar as células saudáveis

Drogas farmacêuticas contra o cancro: Mais de metade das que foram analisadas são ineficazes

Babosa/Aloe e mel é eficaz contra o câncer/cancro

10 sinais em como a sua vesícula biliar não está saudável e o que pode fazer pela saúde

Receitas deliciosas e rápidas: Como ficar doente

Cientistas: Fazer sexo causa consequência irreparável à saúde

Aloe: Planta benéfica para milhões de utilizadores e temida pelas farmacêuticas

Ignorância: A ciência desconhece 99% dos micróbios em nosso corpo

Jejum renova as células, diz Nóbel de medicina

Jejum e os seus benefícios

Jejum: Ajuda a reduzir o risco de cancro de mama

Harmonia e saúde: Alimento geral

Cancro: Causas

A mamografia é inútil na prevenção

A quimio(terapia): Propaga novos cancros/cânceres

Médico denuncia: A quimioterapia mata mais do que o cancro

As chinesas desconhecem o cancro de mama por que...

-  Chlorella: Super-alimento que também serve para desintoxicar

Grávidas que tomam vitaminas e alimentos biológicos reduzem o risco de cancro e autismo

 

Fonte:

Greenme

Medicinas Alternativas

Qui | 16.08.18

A saúde dos dentes e a Metafísica

Medicinas Alternativas

A maioria das pessoas já sofreu um dia com uma dor de dente e, com certeza, não pensou a respeito da causa emocional existente por trás dessa dor ou até teve outros problemas com a carga dentária.

Foto:techtudo.

 

Segundo a Metafísica da Saúde, os problemas com nossos dentes representam nossas indecisões diante da vida. Isso já inicia em nossa vida quando somos crianças. Então, se já fomos educados com rigidez, sob muitas pressões, chantagens, ameaças, sem poder de escolhas necessárias ou até mesmo educados com muita protecção, certamente, seremos pessoas indecisas na tomada de atitudes no decorrer de nossa existência, teremos sempre dúvidas, opiniões divididas, gerando assim conflitos em nosso Eu interior.

Os dentes simbolizam poder de decisões e capacidade de acção diante da vida, portanto, o bom uso de nossas escolhas diante de nossa existência diariamente se faz necessária para a saúde integral de nossos dentes. É preciso fazer as boas escolhas, bancá-las diante da vida e seguir em frente com determinação, fé, auto-confiança.

A dentição da parte superior da boca atribui-se ao nosso carácter e crenças mais profundas, ou seja, representa o que verdadeiramente somos, nossas verdades interiores. Já a dentição da parte inferior está associada a nossa personalidade, comportamento e conduta, portanto, atribui-se ao que nos tornamos diante da vida.

As pessoas que apresentam problemas com os dentes, certamente, têm dificuldades de decidir diante dos factos da vida, de se impor diante das situações existentes, possui baixa energia vital para encarar os desafios e de conquistar seu devido espaço.

Já as crianças com problemas dentários apresentam a dificuldade em se relacionar com as pessoas que as rodeiam e a conquista da própria independência torna-se algo complexo e difícil para elas.

Os problemas com cáries significam que nós nos sentimos inseguros, duvidosos, confusos para se posicionar diante de uma situação. Aqui, vivemos em função dos outros e não respeitamos nossas próprias escolhas.

Já nos casos de problemas com canal dentário, isso significa que a pessoa não está seguindo seus próprios objectivos e metas de vida, além de estar estarrecida e triste com os acontecimentos da vida.

Algumas pessoas também apresentam problemas com o maxilar. Elas travam o maxilar de forma que não conseguem abrir a boca e outras, têm problemas com deslocamento. A função do maxilar é controlar todo o processo de mastigação e este órgão tem a ver como articulamos, pronunciamos, falamos as coisas as quais não estamos satisfeitos. Diante disso, podemos analisar que tamanha raiva as pessoas guardam dentro de si a ponto de travar ou deslocar o maxilar.

Outro problema também comum entre as pessoas é a gengiva frágil, bastante sensível, problemas com sangramento. Isso significa que a pessoa se sente insegura o tempo todo com os próprios pontos de vista, não dá o devido apoio a si mesma, leva muito em conta as opiniões alheias.

Ao sabermos de tudo isso, agora é o momento de nossa acção! Vamos dar mais atenção para nossas próprias qualidades, pois temos sim poder de escolha e decisões. Jamais tenhamos o medo de errar, pois é através deles que aprenderemos melhor de como tudo funciona na vida. Tenha suas próprias opiniões, pontos de vista, defenda-os com alegria e sabedoria, nada de se pendurar nos outros atrás de migalhas, valorize seus próprios pensamentos e sentimentos, nada de guardar mágoas, resolva os problemas com auto-confiança, apoie-se internamente, aprenda a tomar decisões sozinho, sem culpas, sem remorsos, confie em sua essência Divina e pé na tábua, dessa forma, você não terá mais problemas com seus dentes. Pense nisso com carinho!

 

Temas relacionados:

Metafísica: As causas das doenças no caso de nódulos mamários (benignos e malignos)

Já conhece o MSM e seus benefícios na saúde? (vídeo)

Sabia que dente desvitalizado pode ameaçar a saúde?

Dentição: Técnica promissora faz crescer novo dente (Vídeos)

Estudo: Dentífrico não protege os dentes

O que é o adoçante Xilitol e qual o seu efeito nas cáries?

Problemas dentários: Causa provável de artrite ou doenças cardíacas

China: Autómato implanta dentes

Os grãos e o impacto na saúde dos dentes e ossos

Dentes e cáries: Técnica regenera o dente

Cáries e doenças bucais: Como tratar e evitar facilmente

Cárie, a má influência do açúcar

Dentes: Em breve pode eliminar a cárie em casa

Cáries dentárias: Tratamento indolor

Coca-Cola: 15 motivos para não beber

O óleo de coco, 10 benefícios

Bochechar óleo: Cura bucal

Elixir oral natural

Sabia que o óleo de coco serve também para branquear naturalmente seus dentes?

Planta alteia, segundo conceitos ocidentais e orientais

O tomilho

Conhece os diversos benefícios da Moringa?

Antibiótico própolis: Conhece este poderoso remédio natural?

 

Fonte:
Márcia Fernandes

As Medicinas Alternativas

Pág. 2/2