Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Qua | 07.11.18

Tribunal confirma que o vírus do sarampo não existe

Medicinas Alternativas
 

Devido ao suposto sarampo, à vacinação de adultos e, especialmente, de crianças, a indústria farmacêutica ganhou durante mais de 40 anos, centenas de milhares de milhões de euros (>100.000.000.000,00 euros) na vacinação de adultos e especialmente com as crianças contra um vírus que nem sequer existe. Os juízes de um supremo tribunal Federal (BGH - Bundes Gerichtshof) confirmou numa recente decisão, o vírus do sarampo NÃO existe. Além disso, no mundo não há nenhum estudo científico que poderia comprovar até à data, a dita existência de tal vírus. Na verdade, a questão coloca-se, que andaram a injectar em milhões de cidadãos alemães durante décadas, em centenas de milhões de outros europeus e em outras centenas de milhões de outros cidadãos de diversas nacionalidades? Segundo este Tribunal Federal Superior, não foi com certeza uma vacina contra o sarampo.

Durante o processo, 5 peritos da matéria, analisaram os estudos científicos apresentados em tribunal. Todos os peritos foram unânimes na conclusão: O vírus do sarampo não existe.

Foto: OLG Stuttgart Urteil vom 16.2.2016, 12 U 63/15

 

A genética contraria a existência do (pseudo) vírus do sarampo

No processo, os resultados não podiam ter sido mais claros sobre a chamada "impressão digital" sobre o alegado vírus do sarampo. Doisinternacionalmente reconhecidos laboratórios, incluindo o maior instituto do mundo e líder de genética, vieram desmentir categóricamente e de forma independente  um do outro, chegando exactamente aos mesmos resultados, i.e. o vírus do sarampo não existe.

Os supostos estudos que alegavam a existência da doença chamada sarampo, tiveram sempre resultados enviados pelos laboratórios ou por cientistas que trabalhavam para ou com laboratórios que tinham interesses directos ou indirectos nas vendas de vacinas.

Os virologistas do passado reconheceram erroneamente partes das células como sendo partes do vírus do sarampo e que hoje se sabe ter sido uma conclusão errada desses antigos virologistas.

Desta sentença de tribunal, facilmente e logicamente se pode concluir que todas as afirmações, nacionais e internacionais, sobre a suspeita do vírus do sarampo, da infecciosidade do sarampo, da "segurança" da vacinação contra o sarampo, sob ponto de vista legal e perante uma abordagem verdadeiramente científica não têm absolutamente nenhum suporte. 

A indústria farmacêutica, não querendo prescindir dos enormes lucros fabulosos das vendas das pseudo vacinas, nada mais fizeram até à data e durante décadas, vender-nos gato por lebre.

Agora, há cada vez mais pessoas lúcidas que remetem para a competência dos tribunais em denunciar as fraudes da indústria farmacêutica.

Quem não se lembra do célebre cientista Louis Pasteur? Hoje sabe-se que Pasteur copiava muitos trabalhos de Béchamp e ainda falsificava os resultados das suas experiências. 
Só recentemente é que o Instituto Pasteur de Paris confirmou que de facto Louis Pasteur falseava muitos dos resultados experimentais do seu laboratório.
Para mal dos doentes, a maioria dos médicos e sua medicina alopática ainda actualmente se guia pelos resultados falsos de Pasteur.

 

Temas relacionados:

O vírus do sarampo não existe?

Tribunal da Rep. Checa decide pela liberdade de os pais não vacinarem os filhos

Ato de saúde/médico da ordem dos médicos visa prejudicar mais uma vez os doentes?

Médica escreveu livro: A máfia médica (Vídeos)

-  Infarmed: Pede atenção a eventuais reacções adversas à nova vacina

Criança de 2 anos, diagnosticada com doença incurável quando afinal tinha falta de vitamina

Como impedir o seu médico de o matar

Farmacêuticas não visam a cura, mas a dependência, diz Nobel da Medicina

A farsa das vacinas/vacinação

Alerta: Programa Nacional de Vacinação 2017; Terrorismo de Estado ?

Sabe como funciona a indústria da doença?

Vacinas, pesticidas e rast(r)os químicos são armas de destruição em massa

Vacinação: Lavagem cerebral

Cura do cancro! FOSFOETANOLAMINA cura o cancro?

 

Fontes, fotos  e nossos agradecimentos a:

Dr. Stefan Lanka

WissenschaftPlus

BGH Az. I ZR 62/16

Zentrum der Gesundheit
Kopp Verlag
A.N.

https://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/mais-uma-mentira-das-farmaceuticas-172344

 

Qua | 07.11.18

As drogas farmacêuticas também matam

Medicinas Alternativas

Mais mortes por fármacos do que mortes nas estradas

Primeira causa de morte nos EUA

Nos últimos 27 anos, não houve uma única morte devido a suplementos nutricionais, apesar dos inúmeros avisos oficiais por especialistas da área da saúde alopática/convencional e da comunicação social, em intervalos regulares advertirem você dos "perigos" dos suplementos alimentares. Por sua vez, havia, só nos EUA, três milhões de mortes devido à prescrição de fármacos/drogas farmacêuticas! Convém mencionar isto, fármacos que foram devidamente e cientificamente estudadosexaminados e aprovados pela instituição legal e oficial ! Um resultado miserável, que ainda ninguém (oficialmente) adverte/avisa ! 

Terceira causa mais comum de morte dos pacientes/doentes na Alemanha

98 por cento das pílulas (fármacos/drogas farmacêuticas) não têm nenhuma prova de efeito terapêutico.

"Num extenso estudo, verificou-se que os efeitos secundários das drogas farmacêuticas é hoje a terceira causa de morte mais comum no mundo industrializado ... Na Alemanha morre-se, de acordo com o Conselho Geral de Medicina, em cada ano mais de 8.000 pessoas e mais de 100.000 adoecemdevido a efeitos colaterais perigosos dos fármacos."

"São cerca de 24.000 drogas farmacêuticas, o que perfaz mais de 98% de todos os fármacos que existem na actualidade no mercado,  sem qualquer comprovativo de efeito curativo, são milhões de vezes prescritos pelos médicos convencionais, comprados e engolidos."

"Em 98% dos fármacos hoje comercializados, há apenas um facto comprovado: Que os graves efeitos colaterais/secundários dos comprimidos geraram uma epidemiade novas doenças que são a principal causa de morte na Alemanha, depois do ataque cardíaco  e cancro."

 

"Münchener Medizinischen Wochenschrift.. um dos maiores jornais de medicina da Europa.. 25 Fevereiro 1999.. artigo: 'multimorbilidade e polifarmácia como como causa de estados mentais  de confusão'... Multimorbidade, isto é, quando alguém adoece simultaneamente de várias doenças. Polifarmácia... termo de diagnóstico para doenças.. devido ao excesso de medicação.

(Sistemático é nas últimas semanas antes da morte de um doente, aumentarem a prescrição dos fármacos relativos ao período de dois anos do mesmo sofrimento do doente. Frequentemente, são assim gastos dezenas de milhares de francos suíços num muito curto espaço de tempo, "dinheiro enterrado, embora os srs. doutores saibam que a morte está prestes a ocorrer)."

Nós, simples pacientes somos sem dó nem piedade enganados e certamente não queremos tomar parte neste genocídio.

   

Fontes:

daserwachendervalkyrjar

new-focus.ch

prawda-tv

gesundohnepillen

zentrum der gesundheit

3Sat

As Medicinas Alternativas

 

https://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/os-farmacos-podem-matar-55544

Ter | 06.11.18

Médico e as drogas

Medicinas Alternativas

Imagem:epoca.globo.

 

"Um médico é um ser que prescresve drogas farmacêuticas, sobre as quais ele pouco sabe ainda menos sabe sobre o organismo a que se destinam estas drogas farmacêuticas."  Voltaire, foi um  escritor, ensaísta, deísta e filósofo francês.

 

https://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/frase-do-mes-54488

Seg | 05.11.18

Droga farmacêutica portuguesa causa mortes em França

Medicinas Alternativas

"Cinco pessoas foram hospitalizadas em estado grave e uma outra está em morte cerebral em Rennes, França, na sequência de um ensaio clínico de um fármaco do laboratório português BIAL, no qual participaram pelo menos 90 pessoas, anunciou a ministra francesa da Saúde Marisol Touraine."

O ensaio clínico realizado nos arredores de Rennes, no laboratório Biotrial, que envolvia um fármaco da farmacêutica portuguesa BIAL, foi entretanto interrompido, garante o Governo e o laboratório em causa.

O diretor do departamento de neurologia do Hospital Universitário de Rennes, onde os doentes afetados foram internados, Pierre-Gilles Edan, confirma que das seis pessoas afetadas, uma está em morte cerebral e outras três sofreram "lesões que poderão ser irreversíveis".

A molécula "BIA 10-2474", no centro de todas as atenções, consta do plano de desenvolvimento de medicamentos da BIAL como um fármaco indicado para patologias do foro neurológico e psiquiátrico. Trata-se de um projeto que entrou em fase pré-clínica em 2010 e em fase 1 de ensaios clínicos em dezembro 2015.

Os ensaios clínicos em França necessitam de autorização das autoridades sanitárias e os testes em voluntários saudáveis visam avaliar a tolerância e a inocuidade do medicamento e a sua eficácia.

Cada vez mais se verifica que os fármacos deixam sequelas a quem os toma, de forma mais consciente ou inconsciente, de forma mais perceptível ou menos perceptível.

 

Fontes:

Diversos jornais europeus

Ciberrede

https://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/farmaco-portugues-provoca-vitimas-51800

Dom | 04.11.18

10 super-alimentos

Medicinas Alternativas

Os alimentos que estão em cima das prateleiras das lojas normais e supermercados, desde há décadas que vêm perdendo em sabor, em nutrientes e em vitalidade. Os motivos desta má qualidade devem-se à precariedade do solo e subsolo, sementes de laboratórios (OGM e/ou transgénicos), pesticidas e herbicidas e ao processamento industrial. Os seguintes 10 superalimentos irão fornecer-lhe os nutrientes necessários para que o seu corpo e mente funcionem de maneira optimizada.

 

Aloé "vera" (Todos os aloés são verdadeiros)

O Aloé contém 20 minerais, 12 vitaminas, 18 aminoácidos e 200 fitonutrientes. Tem propriedades antibacteriana, antiviral e antifúngica . Os benefícios do Aloe vera incluem:

Alivia a inflamação e dores artríticas.

Ele cura as úlceras de estômago e diferentes distúrbios digestivos e suas complicações.

Eficaz na candidíase e parasitas.

Reduz o risco de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral.

Contribui para inibição de tumores cancerígenos.

 

O pólen de abelha 

O pólen de abelha contém uma abundância de carotenóides, 22 aminoácidos e de muitas enzimas. Além disso, vitaminas do complexo B, vitaminas C e  mais de 68 minerais. Os benefícios do pólen da abelha incluem:

Usado contra o cancro, diabetes, artrite e depressão.

Promove a força, a vitalidade, a resistência e fornece energia.

Melhora a  concentração e a memória.

Aumenta a fertilidade e a actividade sexual.

Fortalece o sistema imunológico.

Foto:blogbololo

 

 Óleo de nozes/pinhões de cedro siberiano 

Os componentes proteicos do óleo contém 14 aminoácidos, vitaminas A, B, D, E e F. O óleo e as nozes de cedro são muito mais ricas em vitamina F do que qualquer óleo de peixe. Para além disto contém 19 oligoelementos. Ainda contém os seguintes benefícios:

 

O banho de óleo nos olhos funciona como regenerador.

Combate o colesterol.

Ajuda a clarear a mente.

Harmoniza o sistema nervoso.

Equilibra o docha/dosha Vata.

Ajuda no desempenho sexual.

Debela a gastrite.

Ajuda na úlcera de estômago e duodeno.

Combate as neuropatias.

Combate as dores de cabeça frequentes.

Combate a insónia e a falta de sono.

Ajuda nas crises nervosas.

Combate o cansaço e fadiga crónica.

 

 Maca 

A Maca é extremamente nutritiva, fornece todos os aminoácidos. Além disso, vitaminas do complexo B, bem como as vitaminas C e E. Além disso, é uma boa fonte de cobre, ferro, potássio, cálcio, magnésio, fósforo e zinco. Os benefícios da Maca incluem:

Ajuda na anemia.

Alivia a síndrome de fadiga crónica.

Reduz o estresse, alivia a depressão.

Aumenta a libido e a fertilidade.

Melhora a função da glândula adrenal.

Fortalece a memória.

  

Cogumelo Reichi/Reishi 

Reichi fornece antioxidantes. Também é uma boa fonte de vitaminas do complexo B, assim como potássio, niacina, magnésio, selénio, cobre e fósforo. Os benefícios de Reichi incluem:

Elimina os distúrbios do sistema imunológico, tais como alergias, artrite e cancro.

Reduz o estresse físico e mental.

Alivia a inflamação.

Protege o fígado.

Ajuda nas desordens digestivas.

 

 Bagas de Goji 

Goji contem 18 aminoácidos, 21 minerais, Vitamina A, vitaminas do complexo B, vitaminas  C, bem como antioxidantes. As vantagens das bagas de Goji incluem:

Fortalecem o sistema imunológico de forma significativa.

Protegem o DNA.

Protegem os olhos e fígado.

Ajudam a aliviar a inflamação.

Protegem o coração.

Melhoram o humor e a libido.

 

Chlorella 

A Chlorella é uma rica fonte de proteínas, fornece clorofila e vitaminas. Também contém muito ferro e zinco, bem como o magnésio, fósforo, cálcio e potássio. Vantagens da Chlorella incluem:

Ajuda o corpo a desintoxicar-se das toxinas e de metais pesados.

Ajuda na candidíase e na proliferação de fungos.

É considerada como anti-cancro.

Previne e melhora os diabetes e na resistência à insulina.

Alivia a dor na artrite e na fibromialgia.

Suporte na cicatrização dos tecidos.

Ajuda preciosa nos problemas digestivos.

 

 O cânhamo

 Cânhamo contém 20 aminoácidos e um monte de proteína vegetal. Também é uma grande fonte natural de ácidos gordos essenciais; boa proporção de ómega-6 para ómega-3  que é de três para um o que é excelente. Os benefícios do cânhamo incluem:

Fortalece o sistema imunológico.

Reduz a inflamação.

Fortalece a memória e previne distúrbios nas funções cerebrais.

Suaviza e melhora a pele.

Ajuda a manter o sistema digestivo saudável e a mantê-lo limpo.

Ajuda na prevenção de cancro.

Ajuda a reduzir o risco de diabetes.

 

 Coco

 O coco é uma excelente fonte de ácidos gordos, incluindo láurico e ácido caprílico que eliminam bactérias, vírus e fungos. É também uma boa fonte de vitaminas do complexo B, bem como de cobre, cálcio, ferro, manganês, magnésio e zinco. Benefícios do óleo de coco:

Fortalece o sistema imunológico.

Ajuda a proteger dos distúrbios da função cerebral.

Reduz o risco de diabetes.

Reduz a inflamação das articulações e músculos.

Fortalece o fígado.

Mata bactérias e parasitas.

Protege do cancro e de outras doenças imunitárias.

Alivia no refluxo gástrico e promove uma digestão saudável.

Sacia e por isso diminui um apetite voraz.

 

 Sementes Chia 

Estas sementes são ricas em aminoácidos e vitaminas B1, B2 e B3, para além de ser rica em cálcio, magnésio, ferro e zinco. Para além disto tudo contém ómega-3. Ainda outros benefícios: 

Ajuda a emagrecer.

Boa fonte de ferro.

Cabelos e pele mais bonitos.

Efeito anticelulite.

Fonte de cálcio.

Fortalece a imunidade.

Previne e controla o diabetes.

Previne doenças cardiovasculares.

Protege o cérebro.

Regula o colesterol.

 

 Tema relacionado:
Valor nutricional do cânhamo

 

Fontes:

Kopp Verlag

Gesundheit

https://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/10-superalimentos-46511

Dom | 04.11.18

Profissionais nao se vacinam

Medicinas Alternativas
 

Já se sabia, os médicos e enfermeiros não são propriamente adeptos de se deixarem vacinar. Nem a si nem aos seus familiares.

Um estudo do RKI, o famoso Robert Koch Institut deu o seguinte resultado:

Para a temporada 2007/08 foram entrevistadas quase 800 pessoas (pessoal médico). Foram entrevistados médicos e médicas, incluindo dentistas, assistentes de médicos e auxiliares, enfermeiros e enfermeiras e fisioterapeutas. A cobertura de vacinação contra a gripe do pessoal médico foi de 22%. 

Resultado de imagem para médicos contra a vacinação

Nota:

O pessoal médico lá saberá porque é tão avesso à vacinação. Talvez se deva ao facto de ter lido a bula e se ter assustado com as reacções adversas/efeitos secundários. Ou viu o fiasco que foi com os pacientes vacinados.

Seja como for e graças a estudos independentes, os ingredientes declarados e não declarados pelos fabricantes de vacinas. mostram como as vacinas pertencem a um local adequado, nomeadamente no caixote de lixo hospitalar.

Que fazem nas vacinas ingredientes tóxicos, como arsénio, alumínio, mercúrio orgânico e inorgânico, urânio, partes de corpos humanos e até o herbicida cancerígeno glifosato?

As percentagens/porcentagens do pessoal médico vacinado, varia de país para país, na maioria dos países latinos são baixas, sendo alegadamente mais altas no Brasil e em Portugal, baixando para menos de 5% em vários países latinos.

 

 

Temas relacionados:

Vacina da gripe: Faz mais vítimas, desta vez em Curitiba-Brasil

Afinal a vacina da gripe não protege o adulto !

Vacinação: Vacina contra a gripe A pode provocar síndrome fatal

Coreia do Sul: Surto de varicela/catapora aumenta com a vacinação obrigatória, diz Estudo Sul-Coreano

DGS: Não é necessária a vacinação obrigatória

Partes do corpo humano nos alimentos, na cosmética e nas vacinas

Portugal e a vacinação: 48% dos infectados são profissionais de saúde

Resutados de análises sobre conteúdo das vacinas

Vacina: Dobro de mortes entre crianças vacinadas em relação às não vacinadas

Cientista: A vacina contra VPH/HPV é uma fraude

As epidemias não desapareceram devido à vacinação

Vacinas: Demasiadas contêm o pesticida cancerígeno glifosato

Estudo oficial: crianças que não são vacinadas são mais saudáveis

Síndrome de Guillain-Barré

Presidente Putin: OGM e vacinas ameaçam a evolução da humanidade

EUA: 145.000 crianças morreram devido às vacinas

Vacina VPH: 3.000 japonesas metem governo e farmacêuticas em tribunal

Ciência/medicina/farmacêuticas: Não conseguem provar e andam a enganar-nos (vídeos)

Frutos e legumes biológicos funcionam como boas vacinas

Crianças morrem após vacinação

A farsa das vacinas/vacinação

Alerta: Programa Nacional de Vacinação 2017; Terrorismo de Estado ?

Infarmed: Pede atenção a eventuais reacções adversas à nova vacina

Vacina para HPV: Adolescente desmaia diariamente 8 vezes e tem narcolepsia

Vacinação: Lavagem cerebral

Mito: Vacinação garante imunidade

Epidemias, autismo e vacinas: A indústria farmacêutica fabrica e factura

Vacinação: H1N1 contamina os vacinados com SIDA/AIDS !

Estudo: O vírus Zika não é a causa da microcefalia mas sim vacinas

França: Suspendida vacina suspeita de causar doenças

O vírus do sarampo não existe?

Tribunal da Rep. Checa decide pela liberdade de os pais não vacinarem os filhos

Vacinas: Médicos indianos apresentam queixa-crime contra Bill Gates

Ainda acha que a indústria farmacêutica e as vacinas são benéficas ?!

Médicos e farmacêuticos: Estudos sobre as vacinas são medíocres

Afinal a vacina da gripe não protege o adulto !

"Gardasil®, vacina mortal?"

Os perigos da vacinação!

 

Fontes:https://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/porque-sera-que-medicos-enfermeiros-e-214638 

Sab | 03.11.18

A Itália aboliu as vacinas obrigatórias por elas serem inúteis

Medicinas Alternativas

Ministro italiano disse em Junho de 2018  que as vacinas obrigatórias são inúteis.

Imagem:pravda-tv.

 

O novo governo italiano, anti-sistema, aprovou no início de Agosto uma lei que acaba com a obrigatoriedade de vacinar as crianças que entrem na escola.

Lei, que abrange crianças em idade escolar, foi aprovada no Senado (Itália) mas infelizmente só entra em vigor no ano letivo 2019/2020. A comunidade médica ao serviço das farmacêuticas lança fortes críticas à medida e faz avisos que a população pode assim aderir à onda da não-vacinação. Temos que entender que esta comunidade médica, não está tão preocupada com a saúde dos italianos mas sim com a perda das comissões.

As vacinas obrigatórias. - até aqui obrigatórias - para poliomielite, difteria, tétano, hepatite B, coqueluche/tosse convulsa, sarampo, caxumba/papeira, varicela, rubéola e Haemophilus influenzae tipo b.

"As 10 vacinas obrigatórias para além de serem inúteis, eram em muitos casos, perigosas e danosas", disse o ministro Salvini.

Não deixa de ser curioso, a Itália apesar de ter a vacinação obrigatória, foi um dos países europeus com mais casos de sarampo.

A nova lei recebeu luz verde da Câmara Alta – o Senado – tendo recebido 148 votos a favor, 110 contra e três abstenções.

 

 

Temas relacionados:

A vacina do HPV/VPH, conheça a verdade

Sondagem: Confia nas vacinas?

Cientista: A vacina contra VPH/HPV é uma fraude

Vacina para HPV: Adolescente desmaia diariamente 8 vezes e tem narcolepsia

Tribunal: Vacina Gardasil contra HPV mata seres humanos

Vacina VPH: 3.000 japonesas metem governo e farmacêuticas em tribunal

Remédios naturais eficazes para tratar a poliomielite

Vacina: Mais mortes e doenças

A falsa epidemia de sarampo na Europa

Ingredientes tóxicos nas vacinas de crianças

Vacina do sarampo é ineficaz

Porque será que médicos, enfermeiros e assistentes preferem não se vacinar?

A farsa das vacinas/vacinação

Mais uma mentira das farmacêuticas: Tribunal confirma que o vírus do sarampo não existe

"O sarampo em Portugal", factos; Refutada a existência do Vírus do sarampo

Estudo oficial: crianças que não são vacinadas são mais saudáveis

RKI e cientistas: Vacina contra a gripe actual praticamente não funciona

Resultados de análises sobre conteúdo das vacinas

Vacinas: Demasiadas contêm o pesticida cancerígeno glifosato

Sondagem: Confia nas vacinas?

As epidemias não desapareceram devido à vacinação

Presidente Putin: OGM e vacinas ameaçam a evolução da humanidade

Vacina: Provoca a doença que devia alegadamente combater

Bebé de 6 meses morre após tomar vacina

"Gardasil®, vacina mortal?"

Infarmed: "Reacção à vacina pode ser fatal"

Infarmed: Pede atenção a eventuais reacções adversas à nova vacina

Veterinário: Morte de animais deve-se ao excesso de vacinação

TJUE: Tribunal de Justiça, a vacina como fonte de doenças

Tribunal da Rep. Checa decide pela liberdade de os pais não vacinarem os filhos

Vacina do sarampo é ineficaz

O vírus do sarampo não existe?

EUA: 145.000 crianças morreram devido às vacinas

RKI e cientistas: Vacina contra a gripe actual praticamente não funciona

Vacina da febre amarela: Efeitos adversos e mortes

Vacina da gripe: Eficácia é muito mais reduzida que a propaganda da DGS e outros pretendem fazer crer

Vacina da gripe provoca abortos (Vídeo)

Farmacêutica: Vacina para o dengue causa doenças graves

Vacina da gripe: Um segundo olhar

Vacinas: Cientistas concluíram, não há nenhum benefício histórico mas há prejuízos neurológicos

Vacinação: Mais outro estudo, crianças não-vacinadas são mais saudáveis que as vacinadas

Amish: Extremamente raro adoecerem de autismo, alergias, cancro e doenças cardíacas

Escandinávia: Chefe de saúde fala sobre os perigos da vacinação (Vídeo)

Os 9 fármacos mais perigosos do planeta

Estado vai ter de pagar indemnizações, vacinados tiveram reacção adversa

Gripe e resfriados: A vitamina D é mais eficaz que a vacina

Declaração de recusa de apresentação do Boletim de Vacinas! (Direitos)

OMS: Confirma surto de pólio após vacinação

Vacina: Mais mortes e doenças

Estudos farmacêuticos segundo o editor The Lancet: Metade são falsos, manipulados ou não confiáveis

Testemunha: Efeitos adversos das vacinas da Hepatite B e dT

Vacinas: Efeitos colaterais graves e anomalias causadas ao sistema imunológico

Partes do corpo humano nos alimentos, na cosmética e nas vacinas

"O sarampo em Portugal", factos; Refutada a existência do Vírus do sarampo

Partes do corpo humano nos alimentos, na cosmética e nas vacinas

Vacina da gripe: Faz mais vítimas, desta vez em Curitiba-Brasil

Médicos e farmacêuticos: Estudos sobre as vacinas são medíocres

Afinal a vacina da gripe não protege o adulto !

Vacinação: Vacina contra a gripe A pode provocar síndrome fatal

Vacinas: Armas de destruição massiva das farmacêuticas... (2ª Parte)

Suécia: Parlamento votou "Não"; Contra a obrigação da vacinação

A.R.: Saúde Pública (Vacinação) ou não!

Portugal e a vacinação: 48% dos infectados são profissionais de saúde

Resutados de análises sobre conteúdo das vacinas

Vacina: Dobro de mortes entre crianças vacinadas em relação às não vacinadas

Vacinas: São diferentes as que são administradas aos governos!

Coreia do Sul: Surto de varicela/catapora aumenta com a vacinação obrigatória, diz Estudo Sul-Coreano

Estudo oficial: crianças que não são vacinadas são mais saudáveis

EUA: 145.000 crianças morreram devido às vacinas

Menino morre depois de ter sido vacinado

Frutos e legumes biológicos funcionam como boas vacinas

Crianças morrem após vacinação

Alerta: Programa Nacional de Vacinação 2017; Terrorismo de Estado ?

DGS: Não é necessária a vacinação obrigatória

Vacinação: Lavagem cerebral

Mito: Vacinação garante imunidade

Epidemias, autismo e vacinas: A indústria farmacêutica fabrica e factura

Estudo: O vírus Zika não é a causa da microcefalia mas sim vacinas

França: Suspendida vacina suspeita de causar doenças

Vacinas: Médicos indianos apresentam queixa-crime contra Bill Gates

Vacinas: Armas de destruição massiva das farmacêuticas...

Ainda acha que a indústria farmacêutica e as vacinas são benéficas ?!

Os perigos da vacinação!

 

Fontes:

Der Standard

Gloria-TV

Impfungen? Nein danke

QS-Wob

Krisenfrei

Pravda-TV

Saúde Online

Templerhofiben

Universa.UOL

Watergate.TV

https://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/italia-aboliu-as-vacinas-obrigatorias-384910

Sex | 02.11.18

Alimentos ocidentais contaminados com mercúrio e pesticidas

Medicinas Alternativas

ALIMENTOS, mercúrio e pesticidas:

Inúmeros alimentos, na Europa estão contaminados com pesticidas, segundo o DWN. Foram descobertos, por exemplo, o princípio ativo cloreto de benzalcónio em comida para bebé, um produto químico para combater bactérias e fungos. Outra descoberta: mercúrio em suínos e em bovinos. 

Batatas, alface, cebola ou as uvas de mesa, muitos destes alimentos, segundo um relatório europeu está altamente contaminada com pesticidas. 

Os inspetores de alimentos descobriram, de acordo com o SWR, por exemplo, o princípio activo cloreto de benzalcônio em comida para bebé, um produto químico para combater bactérias e fungos.  Foram encontradas 106 amostras com um teor superior ao "limite". O período de avaliação foi o ano de 2013. Os inspectores de alimentos descobriram também níveis elevados de mercúrio e pesticidas em suínos e em bovinos. 

Qui | 01.11.18

Bactérias cada vez mais resistentes ameaçam o planeta

Medicinas Alternativas

O gene que serve para assegurar a invulnerabilidade ao colistina foi descoberto na China, diz a revista " 刊物传染的疾病 ".

Imagem noticiaalternativa

 

Colistina é um antibiótico da classe de polimixinas que são usados em casos quando outros medicamentos já não são capazes de eliminar microrganismos perigosos. O gene descoberto se encontra em organismos de animais do sul da China e mais recentemente apareceu também em doenças humanas.

O problema é que este gene pode se deslocar de uma bactéria para a outra e reforçar a sua 
invulnerabilidade aos antibióticos. O gene foi descoberto pelo cientista chinês Yi-Yun Liu e pelos seus 
colegas da Universidade de Agronomia do Sul da China.
 

Agora este gene está espalhado pela parte meridional da China. Foi encontrado em 15 % das amostras da carne e em 21% dos animais cujo sangue foi examinado de 2011 a 2014. Também já faz parte da Escherchia coli, bem como em bactérias que causam pneumonia e em doenças do sistema imunitário.

Até tempos mais recentes, as bactérias Gram-negativas adquiriam resistentes aos antibióticos preservando a sua vulnerabilidade em relação aos polimixinas. Entretanto os fazendeiros chineses começaram estimular o crescimento de porcas e galinhas adicionando colistina na sua forragem.

O gene se fixou fortemente e agora mesmo a proibição de usar colistina na pecuária não mudará a situação. De momento não há uma solução para este problema.

Os antibióticos são cada vez menos eficazes no combate às bactérias, sendo um grave problema nos hospitais por todo o mundo, onde muitas vezes os doentes não morrem da doença que os levou a entrar no hospital mas sim devido às bactérias que proliferam nesses hospitais. 


Fontes:
传染的疾病
sputnik

Pág. 39/39