Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Qua | 14.11.18

A cistite

Medicinas Alternativas
 

A cistite é de causa infecciosa. Alem disso, a cistite descreve uma inflamação na bexiga. Muitas vezes a cistite é confundida com a infecção urinária, no entanto ela não é sinónimo de infecção urinária.

Quando a cistite é de causa infecciosa existe uma bactéria ou fungo na bexiga. Mas existem outros tipos de cistite e alguns não são causados por infecções como, por exemplo, a cistiteactínica (provocada por radioterapia) e a cistite intersticial (causada por perda da camada protectora da parede da bexiga).

Podemos afirmar que por razões anatómicas, geralmente as infecções da bexiga são mais frequentes nas mulheres, particularmente quando sexualmente activas e após a menopausa. Algumas mulheres podem apresentar vários episódios em curto espaço de tempo sendo chamadas de “cistite de repetição”.

São os próprios germes que colonizam na região perineal que causam as cistites. Geralmente as bactérias do intestino são as mesmas que habitam a região próxima ao ânus, vagina e meato uretral canal onde sai a urina. Esses microrganismos podem deslocar-se para o interior da uretra canal por onde urinamos e para chegar no interior da bexiga.

A cistite entendida como inflamação da bexiga, pode acontecer depois de uma relação sexual, provavelmente porque a uretra sofreu traumas (normais do próprio coito) e tornou-se mais vulnerável à subida das bactérias. Nessa situação chamamos de uretrite/ cistite traumática.

O sistema urinário inclui rins, ureteres, bexiga e uretra. Todos têm um papel na remoção de resíduos do seu corpo: os rins filtram o sangue, retirando substâncias tóxicas, e também regulam as concentrações de muitas substâncias. Os ureteres transportam a urina dos rins para a bexiga, onde é armazenada até que ele sai do seu corpo através da uretra. A causa da cistite pode variar.

 

Sintomas de cistite geralmente são:

Desconforto na região pélvica;

Febre baixa, inferior a 38 ºC mais do que isso pode significar uma pielonefrite, situação grave em que as bactérias atingiram os rins;

Sensação de ardor ao urinar;

Sangue na urina (hematúria);

Sensação de pressão no abdómen inferior;

Um desejo forte e persistente de urinar;

Urina turva ou com cheiro forte;

Urinar em pequenas quantidades e com frequência;


Se você tiver alguns sintomas da cistite, procure um técnico de saúde. 

Algumas pessoas são mais propensas do que outras a desenvolver cistites ou cistites recorrentes. As mulheres costumam ter bastante o problema e uma das principais razões é que o contacto sexual provoca uma mudança de germes que habitam a região vizinha à uretra.

Essa mudança, associada ao trauma do coito que incha e vai inflamar o canal, poderia ser a causa dessa cistite. Por isso que o uso de preservativos lubrificados vai ajudar pois eles reduzem o atrito, o trauma sobre o canal e assim evitam a entrada de germes que desequilibram a flora genital.

Ainda hoje os médicos desconhecem a identificação de factores de risco para cistite, por ainda não haver nenhum consenso em torno desta doença.

 

Obs.:

Uma das principais causas da cistite nas mulheres, é o sistema nervoso em desequilíbrio. A contaminação/poluição do S.N. é fácil quando a mulher anda stressada, preocupada, com medo e outras desarmonias. A consequência é, a bexiga (entre outros órgãos) acaba por perder o seu normal funcionamento.

 

Temas relacionados:

MTC, Chi Cungue: Mulher curada de cancro da bexiga em menos de 3 minutos

Problemas renais devido à carne

Vários benefícios do arando/oxicoco (cranberry)

O ADN pode ser reprogramado por palavras e frequências

Dores: Relação com os sentimentos e emoções