Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Qui | 15.11.18

A MTC - Medicina Tradicional Chinesa

Medicinas Alternativas
 

Acupuntura contra cólica

A acupunctura mostrou-se uma opção de tratamento eficaz para bebés diagnosticados com cólica - aqueles que choram por mais de três horas por dia em três ou mais dias da semana.

Em adultos, a acupunctura está associada com alívio da dor, restauração da função intestinal e indução da calma.

Por isso, Kajsa Landgren e Inger Hallstrom, da Universidade de Lund - Suécia decidiram verificar se a acupunctura também poderia resolver o choro excessivo dos bebés com cólicas.

Para isso, elas compararam dois tipos de acupunctura com o padrão de cuidados tradicional em 147 bebés cujas cólicas foram confirmadas em exames de rotina por médicos alopatas/químicos/convencionais em quatro centros de saúde infantil na Suécia.

Cólica infantil

Todos os bebés tinham idades entre 2 e 8 semanas de idade, eram saudáveis e todos tinham passado por uma dieta de exclusão de leite de vaca por pelo menos 5 dias, em uma tentativa de conter as cólicas e o excesso de choro.

Cada criança foi alocada aleatoriamente para um de três grupos (A-C): O Grupo A recebeu acupunctura padrão mínima em um único ponto (L14) por 2-5 segundos sem estimulação; O Grupo B recebeu acupunctura conforme receituário por especialista em um máximo de cinco pontos de acupunctura por até 30 segundos com estimulação leve; e o grupo C não recebeu acupunctura.

No total, 144 bebés concluíram o ensaio de duas semanas - o experimento exigia que as mães fizessem duas visitas adicionais ao centro de saúde infantil.

 

Acupunctura vence cólica e choro

O período de tempo gasto chorando excessivamente caiu em todos os três grupos, o que não era de todo inesperado, uma vez que as cólicas infantis tendem a sumir por si mesmas, dizem as pesquisadoras.

Mas a magnitude desta redução foi maior naqueles bebés que receberam qualquer tipo de acupunctura (grupos A e B) do que naqueles que receberam apenas o tratamento padrão (Grupo C). E, após duas semanas de tratamento, uma proporção significativamente maior dos bebês nos grupos de acupunctura deixaram de preencher os critérios para diagnóstico de cólicas em comparação com aqueles no grupo de cuidados padrão.

Durante a segunda semana, 16 bebés no grupo A ainda tinham cólicas infantis, comparados com 21 no grupo B e 31 no grupo C.

 

Como lidar com as cólicas infantis

"Inquietação e choro são comunicações normais para um bebé, de forma que o objectivo do tratamento é uma redução para níveis normais [de choro], e não o silêncio," escreveram as pesquisadoras, enfatizando que os pais devem registar quanto tempo seu bebé chora para ver se o choro é excessivo e depois tentar eliminar leite de vaca de sua alimentação antes de procurar mais ajuda.

E elas concluem: "Para aqueles bebés que continuam a chorar por mais de 3 horas por dia, a acupunctura pode ser uma opção de tratamento eficaz".

 

Obs.:

O leite em pó, especialmente o de vaca é de facto um dos piores males para a saúde humana, prejudicando essencialmente o sistema digestivo, entre outros. Já são conhecidos inúmeros casos, a saúde do bebé ou recém nascido foi prejudicada devido à ingestão de leites de origem animal, daí eles terem cólicas entre outras maleitas.

É essencial que a mãe amamente o seu filho ou filha, que esteja tranquila, sem stress (ou reduzido ao mínimo possível) e que a mãe não ingira alimentos que contribuem para o seu mal estar digestivo (que por sua vez vai influenciar o leite que amamenta, podendo gerar assim um círculo vicioso).

 

Temas relacionados:

Carne vermelha inflama o intestino e até causar diverticulite

A obstipação/prisão de ventre

Salsa: 15 benefícios

Intestinos: A relevância do bom funcionamento

Estes alimentos apoiam positivamente os seus intestinos

Quando medicina e indústria farmacêutica preferem as doenças

Herdamos as consequências da má nutrição

Você pode ser alérgico ao glúten e nem sequer desconfia

Confirmado: ADN de Alimentos Geneticamente Modificados são Transferidos para os Humanos que os Ingerem

Porque os teus avós não sofriam de alergias, já os netos não podem afirmar o mesmo