Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Seg | 12.11.18

A prisão de ventre

Medicinas Alternativas
 

Remédios naturais e caseiros para evitar a prisão de ventre 

 

Ir diariamente evacuar à casa de banho não deveria constituir um problema. Porém, para muitas pessoas, pode ser um autêntico suplicio. Mais de metade dos portugueses sofreu e/ou sofre ainda de obstipação.

Antes de recorrer às drogas farmacêuticas, prefira os remédios caseiros que nos casos ligeiros funcionam bem. Não permita que a obstipação / prisão de ventre faça parte da sua vida quotidiana.

 

Água suficiente
Um remédio natural contra este problema digestivo é beber água suficiente. Este procedimento,  por vezes já é suficiente para regularizar o funcionamento do intestino. Mas quando é a melhor altura para beber água? O ideal é fora das refeições, i.e., ao longo do dia. Cuidado, os idosos costumam "esquecer" de beber água.

 

A alimentação saudável
Muito importante é sem dúvida cumprir com rigor os horários das refeições. Além disso seguir uma dieta saudável, biológica e equilibrada. Frequentemente os problemas digestivos derivam de uma má alimentação.

Ter uma boa alimentação saudável é fundamental para não ter problemas de evacuação. Consumir alimentos ricos em fibra é fundamental. 
Sabia que quem tem uma alimentação à base de frutos, bagas e legumes(tudo fresco e biológico, claro) só excepcionalmente irá sofrer de obstipação/prisão de ventre?

 

Alimentos que causam a prisão de ventre e devem ser evitados:

- Alimentos ricos em açúcar refinado, como bolos, doces, bolachas recheadas, chocolates e refrigerantes

- Alimentos ricos em gorduras saturadas, como  empanados, frituras e comida pronta congelada

- Comida industrial/comida desvitalizada/comida plástica/ fast food

- Leite e derivados, pois são ricos em gorduras saturadas assim como em aditivos químicos/sintéticos

- Carnes processadas, como bacon, chouriço, presunto e salsicha

- Banana verde e a goiaba.

- Gelados (principalmente quando ingeridos após as refeições; no frio)

- Sumos artificiais e o famoso chá gelado, que só pioram a situação em parte devido à quantidade de açúcar.


Já a banana madura (no calor do verão) ajuda a combater a prisão de ventre, por ser rica em fibras que favorecem o trânsito intestinal. 

Alimentos que combatem a prisão de ventre:

Adicionar sementes como linhaça e chia em sumos e/ou no muesli

Água (muito importante)

Ameixas secas demolhadas

Cereais integrais como aveia, arroz, quinoa e trigo

Comer alimentos somente  integrais, nunca refinados

- Frutas com casca e suas sementes, pois a casca é rica em fibras e as sementes ajudam a evacuar

Gérmen e farelo de trigo

Óleo de coco

Sementes de psílio ou de linhaça, chia, abóbora e gergelim

Vegetais, especialmente legumes crus e folhosos, como alface, couve ou repolho

 

Actividade física

A falta de actividade física ajuda a causar obstipação/prisão de ventre. Caminhar pelo menos 30 minutos por dia, ajuda a manter o seu intestino em funcionamento.

 
Chás

Muitos chás podem ajudar a normalizar o intestino. Entre uma grande variedade de chás como alcachofra (Cynara scolimus), boldo (Peumus boldus), carqueja (Bacharis trimera), malva (Malva officinalis), bardana (Arctium major), agoniada (Himathathus lancifolius) , sabugueiro (Sambucus nigra) e transagem (Plantago major). Podemos misturar 2 ou 3 desses chás para ter um chá mais eficiente.

 

Cuidado com os laxantes e outros fármacos

Os laxantesdas drogas farmacêuticas (fármacos), criam habituação e assim desse modo dependência, e acabam sempre por prejudicar seriamente o intestino.

Existem plantas usadas como chá para prisão de ventre, que possuem substâncias conhecidas como antraquinonas, tais como o sene (Cássia angistifolia) ou a cáscara sagrada (Rhamnus purchiana). Estas plantas poderão ser usadas pontualmente para um episódio mais intenso de obstipação, porque quando se abusa acabam por prejudicar o intestino. 

Os antidepressivos causam habitualmente prisão de ventre.

 

Emoções negativas e stress

Tenha também em consideração que o stress é outro dos grandes responsáveis de não evacuar quando devia. Emoções negativas, assim como sentimentos, acabam sempre por influenciar negativamente a saúde.

 

Hábitos e regras

Para evitar a prisão de ventre também é crucial ir evacuar  sempre que tiver vontade, não adiar por muito tempo ou forçar quando não há vontade, pois este hábito pode levar ao surgimento de hemorróidas. Além disso, a melhor hora para ir evacuar é após as refeições, pois o intestino está activo na digestão e essa movimentação facilita a passagem das fezes. Evacuar habitualmente à mesma hora disciplina o trânsito intestinal.

Má digestão, má evacuação

Alimentos pesados ou em excesso, condimentados ou fritos, geram um peso no nosso estômago que será difícil de processar, causando obviamente uma evacuação tardia e, portanto,  dolorosa e com mal estar.

Igualmente, actos simples como não mastigar bem a comida, comer de pé ou muito rápido, impedirão que o nosso organismo tenha a energia necessária para digerir adequadamente a comida. Os alimentos sólidos devem tornar-se líquidos na boca, esta é uma boa regra.

 

O que é uma evacuação normal?

Se ingerimos 3 refeições ao dia, 3 vezes deveríamos evacuar, i.e. após cada refeição evacuar, isto seria o ideal. No mínimo 1 vez ao dia. É como a pia da cozinha, se deitamos algo nela, esperamos que o conteúdo seja devidamente evacuado. Com o nosso organismo é igual.
As fezes devem ser consistentes, nem aguadas, nem muito duras. A evacuaçãodeve ser rápida e ser efectuada com o menor esforço. As fezes devem ter uma cor clara (castanho), sem sangue e com cheiro a leite azedo.

 

Lembre-se, quem não tem um bom funcionamento intestinal, não pode esperar saúde a médio ou longo prazo. Quem sofre de obstipação, a longo prazo é sempre uma porta aberta para inúmeras doenças. O cancro pode ser uma dessas doenças e em Portugal ele está em franca expansão.
Liberte-se do passado e viva em harmonia, consigo e com tudo e todos aos seu redor.

 

Exercício abdominal:

 

Temas relacionados:

Intestinos: A relevância do bom funcionamento

Estes alimentos apoiam positivamente os seus intestinos

Couve-flor; Benefícios e propriedades (receita)

Herdamos as consequências da má nutrição

Quinoa: Benefícios

O óleo de coco, 10 benefícios

Parasitas: Sabe se está contaminado? Sintomas e como eliminar

 
Que o teu alimento seja o teu único medicamento! Hipócrates - Pai da Medicina