Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Qui | 29.11.18

A quantidade de água

Medicinas Alternativas
 

Com certeza, já foi aconselhado a beber 1,5 litro a 2 litros de água por dia seria o ideal para manter o organismo a funcionar bem. 

 

Porém, essa quantidade toda de água não é necessariamente a verdadeira, segundo vários estudos.

A quantidade de água pode variar de acordo com a localização da pessoa, se é adulto ou criança, o peso da pessoa, o sexo da pessoa, a estação do ano, a temperatura ambiente, o tipo de alimentação, a profissão da pessoa e o estilo de vida que leva. 

A água representa pelo menos 60% do peso do nosso corpo e é extremamente importante para um bom funcionamento do organismo. Como estamos constantemente perdendo água, seja por meio de suor, urina e até mesmo a respiração, é necessário beber bastante água para repor esses líquidos e evitar assim a desidratação.

A água é não só importante para a sua saúde física, mas também pode influenciar a sua saúde mental. Há estudos que afirmam, quanto mais água beber, tanto melhor para o seu humor e também para as emoções que se tornarão mais positivas.

Se faz exercício físico, a quantidade de água que precisa é maior ainda. Os especialistas recomendam beber água antes, durante e após os treinos, 1 a 3 copos além do valor padrão. Isso para um período curto de exercícios, se estiver em uma sequência prolongada, numa longa corrida como a maratona será necessário muito mais água para se manter saudável.

Os atletas e os que fazem exercícios físicos com maior ou menor intensidade, mineiros, camponeses/agricultores que passam o dia ao sol, precisam de beber mais água. Quem trabalha numa fundição pode ter de beber 5-6 litros de água por dia. Os homens precisam de beber mais do que as mulheres. E no verão mais do que no inverno, em ambientes quentes e sobretudo quando o tempo está seco (<40% de humidade relativa do ar). Atenção, os bebés e crianças desidratam muito fácilmente. Os idosos "esquecem-se" de beber. Quem come carne precisa de beber mais água que um vegetariano.

Se mora em um lugar de clima quente, como Cabo Verde, Brasil ou na ilha da Madeira, também vai precisar de mais água. Isso porque o calor é capaz de fazer perder fluidos rapidamente, o que normalmente contribui para que a sede aumente e seu corpo comce a pedir água.

As grávidas ou as mães que amamentam/lactantes devem ter em atenção á quantidade de água, devem beber mais água do que se não estivessem grávidas e as lactantes terão de beber ainda mais água do que as grávidas. O motivo deve-se ao seu leite para amamentar o seu bebé, dessa forma perde líquidos do seu corpo, podendo deixar a mulher facilmente desidratada se não beber água suficiente.   

Se estiver com uma crise de diarreia, febre, vómito ou tiver uma transpiração abundante há que acrescentar mais água. Se for só uma constipação/resfriado, a água poderá ajudar a manter as vias respiratórias e nasais hidratadas e minorar dessa forma os sintomas.  

Claro que beber sumos/sucos, comer sopas diminui a quantidade de água para beber.

Mas como saber qual a quantidade de água que devo beber?

A água é essencial para uma boa saúde, mas varia de acordo com as necessidades individuais.

De manhã, observe a sua primeira urina. Se ela estiver da cor da água, provavelmente bebeu água a mais, se ela estiver turva e com odor forte bebeu pouca água. A urina deveria, não ter praticamente quase nenhum odor (há drogas farmacêuticas que alteram a cor e o cheiro da urina) e ter uma cor amarela clara (tipo marfim), sem espuma e que permitisse ler as letras num papel escrito quando mergulhado nessa urina.

 

Temas relacionados: (Clicar em baixo)

Confia na água que bebe?

ÁGUA: REFLEXÃO DA SEMANA