Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Sex | 09.11.18

Alimentos para os intestinos

Medicinas Alternativas
 

Alimentação plastificada, stresse ambiental e as toxinas (pesticidas/fungicidas/herbicidas/hormonas/antibiótica/fármacos) alimentares(!) exercem o seu efeito negativo desde o esófago aos intestinos. No entanto, com uma alimentação à base de vegetais, certos micróbios aumentam beneficamente após 24 h. Há no entanto alimentos que beneficiam os seus intestinos.

 

Há uma série de estudos que associam  o surgimento de doenças como diabetes, obesidade, artrite reumatóide e até o autismo com uma má flora intestinal. Por as bactérias intestinais influenciarem o estado geral de saúde é essencial ter uma boa flora intestinal. Em experiências com animais/cobaias, a dieta demonstrou afectar a flora intestinal.

 

Num estudo recente, foram observados dez voluntários, incluindo um vegetariano. As pessoas deviam mudar a sua alimentação habitual, por cinco dias, para uma dieta fortemente baseada em alimentos vegetais (frutas, verduras, legumes e cereais) ou então de origem animal (ovos, produtos lácteos e carne). Diariamente foram colhidas amostras de fezes, posteriormente analisadas para  determinar a composição da flora intestinal.

 

Conclusão: Alimentos de origem animal promovem a inflamação, alimentação baseada em vegetais inibe-as
Após 24 horas, foram detectadas alterações dramáticas na frequência de certos micróbios. Assim, o número de bactérias Bilophila wadsworthia aumentava, quando o voluntário optava pela dieta animal, esta bactéria metaboliza a acidez biliar. Sempre que esta bactéria aumenta em quantidade, vai favorecer a inflamação crónica no intestino. Assim que os voluntários eram submetidos a uma dieta baseada em vegetais, tais bactérias aumentavam em quantidade, produzindo o ácido gordo butirato. Esta tem precisamente o efeito oposto da anterior, i.e. actua como anti-inflamatório.

 

Alguns alimentos são relevantes para o nosso intestino. São os seguintes:

 

1. Topinambo: Contm grandes quantidades de Inulina. O probiótico Inulina é fermentado no corpo. Carência de probióticos pode ser prejudicial por permitir que bactérias prejudiciais surjam

 

2. Bananas: A banana não é somente rica em magnésio, mas também protege o estômago e intestinos. Duas bananas por dia pode proteger a mucosa gástrica do ácido estomacal

 

3. Mirtilos: Estudos demonstraram que as bagas azuis fortalecem a nossa memória, assim como o nosso sistema imunológico. Além disso, eles ajudam a aumentar a biodiversidade em bactérias intestinais benéficas

 

4. Feijão: As leguminosas contêm ácidos gordos que ajudam as células intestinais a absorverem melhor os micro-nutrientes. Também podem ajudar na perda de peso

 

5. Alimentos fermentados: Alimentos como Kimchi, Chucrute/Sauerkraut ou molho de soja, fornecem o tracto digestivo com micro-organismos que mantêm as bactérias prejudiciais afastadas do nosso intestino e melhoram a absorção de minerais. Sabemos que estes alimentos vegetais fermentados, melhoram a saúde das células intestinais. Contribuem para um declínio das alergias. Ajudam a reduzir o risco de cancro/câncer de intestino. Em caso de diarréia, esses alimentos são imbatíveis

 

Fontes

EPOCH TIMES

https://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/estes-alimentos-apoiam-positivamente-os-105094