Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Sex | 09.11.18

Monsanto revela que milho transgénico pode fazer mal à saúde

Medicinas Alternativas
 

 

O milho, um dos alimentos mais antigos da história da humanidade, actualmente em Portugal destina-se a consumo animal e humano.

O problema em torno deste alimento, Portugal é o segundo maior produtor de milho transgénico da UE.

Um artigo publicado no International Journal of Biological Sciences mostrou que o consumo da semente modificada/transgénica tem efeitos negativos principalmente sobre os órgãos fígado e rim, órgãos ligados à eliminação de impurezas.

O estudo francês revelou que os grãos do milho transgénico apontam clarossinais de toxidade. O biólogo molecular Gilles-Eric Séralini e sua equipe puderam divulgar a pesquisa depois que um decisão judicial obrigou a Monsanto a revelar sua própria análise dos grãos que manteve em sigilo impedindo que a informaçãose tornasse pública.

Os franceses então divulgaram a comparação dos efeitos das sementes MON 863, NK 603 e MON 810 sobre a saúde de mamíferos, assim como sementes resultantes do seu cruzamento.

No caso do NK 603, os dados apontam perda renal e alterações nos níveis de creatinina no sangue e na urina, que podem estar relacionados a problemasmusculares. É por esse motivo que os pesquisadores destacam que o coração foi afectado nos ratos alimentados com esta variedade. O quadro para o MON 810 não muda muito. Embora os machos em geral demonstrem maior sensibilidade a tóxicos, foram as fêmeas que apresentaram ligeiro aumento do peso dos rins, que pode corresponder a uma hiperplasia branda, geralmente presente quando associada a processos imunoinflamatórios.

Os autores do artigo publicado no International Journal of Biological Sciencesconcluíram que os dados sugerem fortemente que estas três variedades de milhotransgénico induzem a um estado de toxicidade, que pode resultar da exposição a pesticidas (glifosato e Bt) que nunca fizeram parte de nossa alimentação.

Para quando a resolução deste problema de saúde pública?

 

Fontes:

Revista Ecológica

monsanto

Plataforma Transgénicos Fora

https://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/monsanto-revela-que-milho-transgenico-103199