Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Qui | 29.11.18

Mundo ocidental com má saúde

Medicinas Alternativas
 

Um estudo recente, revelou que o povo indígena Tsimané (Amazónia), tem as mais saudáveis artérias do mundo, segundo comparações com registos anteriores de estudo em outros grupos de pessoas. 

Apesar de viverem em um mundo ambiental dos "mais perigosos" do planeta, o povo/tribo Tsimané na Amazónia boliviana que vive na floresta tropical, tem o mais baixo índice de envelhecimento vascular do nosso planeta.

Os vasos sanguíneos de um nativo do povo Tsimané com 80 anos de idade, possuem a mesma flexibilidade que um ianque com 50 anos e mostram poucos sinais de aterosclerose (endurecimento das artérias).

Para o estudo foram examinados 705 indígenas, efectuados vários exames com os mais modernos aparelhos de exames (para verificar as paredes das artérias) e ainda foram feitas medições ao colesterol, ao açúcar no sangue e à pressão arterial.

Como uma das principais razões para a a saúde do povo indígena Tsimané, aponta-se a alimentação saudável, da qual consta:

72% são hidratos de carbono e fibras , sob a forma de arroz, frutas, banana para cozinhar, mandioca, milho e castanhas e nozes.

Além disso, apenas 14 % de gordura e proteínas através de peixe (sobretudo) para a sua alimentação.

Como mais um factor positivo contribui também, o povo Tsimané praticamente não fuma, e movimentam-se imenso, sem dúvida muito mais que outros grupos de pessoas do mundo ocidental.

Infelizmente, as influências negativas da civilização moderna já estão a alcançar os povos indígenas da região Amazónica e seu povo Tsimané, cuja mudança para pior já é visível.

"Nos últimos cinco anos, novas estradas e a introdução de motores nas canoas permitem que eles tenham maior acesso ao mercado mais próximo na cidade, onde podem comprar açúcar refinado, óleo transgénico ou OGM  e os resultados são dramáticos. Isso leva a grandes mudanças económicas e alterações na alimentação para os Tsimané", afirma o Co-autor Dr. Ben Trumble.

 

Temas relacionados:

Vitamina K2, muito relevante para a saúde humana

Salsa: 15 benefícios

O acidente vascular cerebral (AVC) e como evitar

Álcool: Factos

Pão branco: Engorda, estupidifica e é um assassino oculto

Ataque cardíaco: Prevenção e factos

Frutos e legumes biológicos funcionam como boas vacinas