Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Sex | 09.11.18

O alho

Medicinas Alternativas
 

Sabia que...

ao sentir-se mal por causa de uma intoxicação alimentar pode não sentir vontade de comer, mas foi provado que o alho é mais eficaz do que antibióticos na luta contra os efeitos de bactérias que causam intoxicação alimentar? O composto activo, o sulfureto de dialilo, é capaz de romper as membranas em muitas bactérias que as tornam mais difíceis de destruir. Para além disto o alho cru, não só é mais eficaz que muitas drogas farmacêuticas como também é muito rápido a actuar. É eficaz também contra bactérias como a Campylobacter e a Staphylococcus aureus. Em laboratório, mediante diluição em série, o extracto fresco de alho mostrou ser capaz de inibir de destruir 14 espécies de bactérias, entre as quais o Stafilococcus aureus, Klebsiella peneumoniae e Escherichia coli, que são bactérias potencialmente maléficas à saúde e causadoras de infecções. E tudo isto sem efeitos colaterais e secundários como as drogas farmacêuticas costumam causar.

 

O alho, bastante conhecido e utilizado por conferir um sabor especial aos pratos. Além disso, esta planta bulbosa contém muitas propriedades medicinais que proporcionam diversos benefícios à nossa saúde.

Considerado como um super alimento, o alho é rico em vitaminas, sais minerais e aminoácidos importantes em uma dieta saudável e equilibrada.

 

As vitaminas encontradas no alho
A alicina é o princípio activo do alho e a responsável pelo cheiro característico deste alimento, que contém propriedades antifúngicas, anti-sépticas e antibacterianas.

Além desta substância, o alho também contém vitaminas que proporcionam muitos benefícios à nossa saúde e o tornam um remédio natural que pode ser utilizado para combater uma série de condições, como doenças cardíacas, colesterol alto, parasitas intestinais, diabetes, aterosclerose, tuberculose, resfriados e outros.

Devido às suas propriedades, o alho é considerado um excelente antibiótico, antifúngico e anti-séptico natural, sendo utilizado como medicamento desde o antigo Egipto.

 

O alho contém:

Vitamina B1
A vitamina B1, também denominada tiamina, é responsável pela acção coenzimática, fundamental para o metabolismo dos hidratos de carbono.

 

Vitamina B2
Também conhecida como riboflavina, a vitamina B2 é essencial para a formação das células vermelhas do sangue (hemácias).

 

Vitamina B6
A vitamina B6, também conhecida como piridoxina, possui ação coenzimática e é essencial para o funcionamento adequado do sistema nervoso, composição das hemácias e produção de ácido nucleico.


Vitamina C
A vitamina C é considerada um antioxidante natural, actua contra os efeitos maléficos produzidos pela acção dos radicais livres. Esta substância é importante para a formação e manutenção das paredes celulares e é fundamental para uma pele saudável, ossos, dentes e gengivas mais fortes.

Os benefícios do alho

Auxilia no trabalho de desintoxicação promovido pelo fígado
Graças aos seus compostos sulfurosos, o alho auxilia no trabalho de desintoxicação realizado pelo fígado. O alimento activa as enzimas que agem contra o crescimento de bactérias e favorece a eliminação de substâncias.

O alho também evita que as toxinas se acumulem no organismo.

Acção benéfica sobre os sintomas da TPM
Devido às suas propriedades, o alho também ajuda a prevenir e aliviar os sintomas típicos da tensão pré-menstrual, como as dores de cabeça, na região lombar e nas mamas.

Potencial anticancerígeno
O consumo regular de alho cru pode reduzir o risco de vários tipos de cancro, como o de cólon, de mama, de pele, de pulmão e esófago.

Os antigos chineses tinham o hábito de deixar o alho na boca por 30 minutos todas as manhãs e durante algum tempo, especialmente no tempo frio mas não só.

Qual o motivo?

O corpo absorve as propriedades do alho através da saliva e vasos sanguíneos existentes. Este método, é dedicado especialmente àquelas pessoas que são muito sensíveis e não podem comer alho. Esta forma é mais suave de absorver os nutrientes deste vegetal, mas de modo algum menos efectiva. 

 

Os benefícios deste método chinês:

- Combate a bronquite

- Combate a tosse

- Controla o apetite

- Desintoxica o sangue

- Estimula o sistema imunológico 

- Limpa a pele

- Previne pedras e areias nos rins

 

Nota:

O alho cru é uma coisa. Já cozinhado a sua eficácia é limitada. Há quem se preocupe com o bafo/hálito após a ingestão de alho cru, pode sempre escovar os dentes com uma pasta natural ou coma a seguir salsa, ela reduz o hálito. Pode também fazer chá de alho que beneficia a saúde.

 

Como preparar o chá
Para fazer o chá do alho de maneira comum basta colocar numa chávena um dente de alho amassado e despejar água muito quente, na xícara, que deve ser abafada por dez minutos. O chá deve ser adoçado com mel e tomado ainda morno, preferencialmente a cada 12 horas.

 
Há também uma receita conhecida como “A cura do alho”, pois potencializa os efeitos medicinais da planta e ajuda no combate de várias doenças.

Para fazer a receita basta seguir os seguintes passos:

Coloque no liquidificador um litro de água, 30 dentes de alhos descascados e três limões picados, depois ligue o liquidificador.

Continue até que a mistura se torne uma pasta homogénea, depois coloque tudo numa panela de esmalte, ou em qualquer outro utensílio que não seja metálico, e leve ao fogo. Desligue o fogo antes de levantar fervura e guarde no frigorífico ou num local bastante fresco, em um pote ou em uma garrafa. Tome um cálice diariamente em jejum.

 

Atenção!
Deve-se observar também que não é aconselhado o consumo de alho em grandes quantidades por mulheres em período de lactação, e por pessoas que tenham problemas estomacais e úlceras.

 

A natureza ao seu dispor, a um preço muito reduzido!

 

Fontes:

Cura pelas Plantas

Chá Benefícios

Remédio Caseiro

Naturopatia

MTC-Medicina Tradicional Chinesa

https://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/o-alho-e-os-seus-enormes-beneficios-139311