Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Qui | 08.11.18

O que é telegonia

Medicinas Alternativas
 

 

Pesquisas sugerem que o corpo da mulher carrega dentro de si ADN do sémen dos seus parceiros anteriores!

A ideia de que os filhos de uma mulher, adquirem as características dos parceiros anteriores dessa mulher, é bem antiga, começou em 322 a.c. com Aristóteles. 

Foto: terrao

 

A ideia de que os traços físicos, psicológicos e mentais dos antigos  parceiros sexuais de uma mulher poderiam ser "herdados" pelos futuros filhos dela, já tinha sido explicada por Aristóteles. A partir daquela época os reis evitavam casar com mulheres divorciadas ou que não fossem virgens.

Estudos recentes ocidentais constataram, (na Rússia, China e Alemanha já há décadas que sabem isto) que para ser pai não basta apenas ter um filho com uma mulher, pois os filhos desta mulher podem assemelhar-se muito com o primeiro parceiro sexual anterior dela, por conseguinte assim carregam toda carga genética dele. 

 

Porque não se menciona isto no ocidente?

Talvez, para não ficar ainda mais visível a decadência galopante da sociedade ocidental em que se encontra.

 

A verdade é que alguns veterinários conhecem este facto. Sabemos que existem éguas, cadelas e gatas que valem fortunas, por serem de uma "pura" linhagem e por isso só copulam com outros animais de raça e linhagem "puras", geneticamente falando, daí talvez derive o termo "puro sangue". Por isso, caso haja algum descuido, em que o animal de raça copule com um que não seja puro, imediatamente essa égua, cadela ou gata perdem todo o valor e resulta numa perda de investimento, precisamente por a fêmea deixar de parir descendência pura.

 

Em baixo apenas alguns exemplos no mundo animal:

 

 

Significado de Telegonia

f. Zool.
Fenómeno, que se dá, quando uma fêmea, coberta pela primeira vez por um dado reprodutor, irá ter nos partos futuros, descendência, que poderão até ser resultantes de outros reprodutores, porém com o carácter do primeiro.
(Do gr. tele, longe + gonos, semente)

 

As evidências, sugerem agora que os animais do sexo feminino podem incorporar dentro de si o ADN do esperma dos parceiros sexuais anteriores.

Este ADN estranho, acaba depois por fazer parte dos filhos futuros após a mulher ser bem sucedida em engravidar de um homem totalmente diferente. No nosso mundo isto significa que os filhos que o homem vier a ter com uma mulher que teve vários parceiros sexuais, podem ter genes de parceiros sexuais anteriores que ele nunca viu ou chegou a conhecer. 

 

A telegonia afirma o seguinte: uma vez que um homem teve relações sexuais com uma parceira sexual, ele deixa uma marca no corpo dela que influencia a sua prole mesmo que esta mulher tenha relações sexuais com um homem diferente no futuro. Esta teoria foi analisada no passado e foi dada como uma teoria científica por volta de 1800.

 

A ideia de Aristóteles, a telegonia, começou a ter suporte científico quando as evidências se amontoaram em favor do microquimerismo, - fenómeno do ADN estranho a incorporar-se no genoma dum indivíduo. Reparou-se que isto acontece no caso das transfusões de sangue. Se por acaso você recebe sangue enquanto você se encontra num estado traumático, o ADN do doador pode-se incorporar no seu genoma. Surpreendentemente, poucas pesquisas foram feitas entretanto, mas todas as evidências indicam que este é um fenómeno genético comum por todo o reino animal. 

Cientistas envolvidos no estudo estão a lançar a hipótese de que o ADN do esperma é absorvido dentro dos ovos femininos sem, no entanto, fertilizá-los.

Os pesquisadores sugeriram que o efeito deve-se às moléculas que se encontram dentro do fluído seminal do primeiro macho e destes serem absorvidos pelos ovos femininos que ainda não estão amadurecidos, e influenciando posteriormente o crescimento da descendência dos machos subsequentes.

Já foi observado que o corpo humano feminino age como uma esponja em relação ao ADN estranho que é depositado dentro dele.

 

Fontes:

galaxien gesundheit rat

politaia

terraherz

marxismocultural

Roosh Valizadeh

epigenética

hereditariedade

https://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/telegonia-o-que-e-62413