Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Ter | 27.11.18

O telemóvel causa cancro

Medicinas Alternativas

 

A Organização Mundial de Saúde classifica a radiação dos telemóveis como "possivelmente cancerígena". 

A informação foi avançada pela Agência Internacional para a Investigação sobre o Cancro (AIIC).

 

Em causa está a relação entre a radiação emitida pelos telemóveis e dois tipos de cancro : o glioma um cancro maligno que se desenvolve a partir de células do sistema nervoso e o neuroma acústico que é operável.

 

Escusado será dizer, a maior parte dos estudos sobre a "radiação" são financiados pelas empresas que ganham dinheiro a fabricar os aparelhos que a emitem.

Para adoptar a classificação de “possivelmente cancerígeno”, a comissão científica da OMS cita apenas um estudo, de 2004,  que demonstra um aumento de 40% de risco de contracção de glioma nos chamados usuários “pesados”, aqueles que utilizam os aparelhos 30 minutos por dia durante um período superior a dez anos.

Uma equipe de 31 cientistas de 14 países, tomou a decisão depois de analisar estudos revisados por especialistas sobre a segurança de telefones celulares/telemóveis.

A equipa encontrou provas suficientes para classificar a exposição pessoal como “possivelmente cancerígena para os seres humanos.”

Isto significa que não existem estudos suficientes a longo prazo para concluir se a radiação dos telefones celulares/telemóveis é segura, mas há dados suficientes que mostram uma possível conexão, e que os consumidores devem ser alertados.

O tipo de radiação que sai de um telefone celular/telemóvel é chamado de não-ionizante. Não é como um raio-X, mas mais como um forno de micro-ondas de baixa potência.

“O que a radiação do celular/telemóvel faz, em termos mais simples, é semelhante ao que acontece aos alimentos no micro-ondas: cozinha o cérebro”, disse Keith Black ao site da CNN, neurologista do Centro Médico Cedars-Sinai, em Los Angeles.

A OMS classifica os fatores do ambiente em quatro grupos: cancerígenos – ou causadores de câncer/cancro – para o homem; possivelmente cancerígeno para os seres humanos; (.)...

O tabaco e o amianto estão na categoria “cancerígeno para os seres humanos”. Chumbo, gases de escape/escapamento do carro e clorofórmio estão listados como “possivelmente cancerígeno para os seres humanos”.

O anúncio foi feito do escritório da OMS em Lyon, na França, após o número crescente de pedidos de cautela sobre o risco potencial da radiação do celular.

A Agência Europeia do Ambiente pediu mais estudos, dizendo que os telefones celulares/telemóveis podem ser tão nocivos para a saúde pública quanto o tabagismo, o amianto e a gasolina.

 

 

 

 

 

 

 

O que pode fazer por si?

- Usar o menor possível esse aparelho

- Desligar totalmente o aparelho quando não necessita dele

- Desligar sempre de noite quando está a dormir

- Mantê-lo o mais longe possível de si

- Quando falar, utilize auriculares e/ou alta voz

- Restringir o uso pelas crianças

- Só utilizar quando for absolutamente necessário

 

Nota:

Tenho cada vez mais conhecimento sobre doentes, chegam do hospital com diagnóstico de tumor cerebral. De facto a doença "coincide" com o lado que o doente usava o telemóvel/celular.

 

Temas relacionados:

O amianto em Portugal ainda existe!

O micro-ondas é prejudicial para a sua saúde ?

Telemóvel: Cientistas de 39 países, alertam para os perigos para a saúde

Iphone causa comportamento suspeito nas formigas

OMS: a carne é tão perigosa como o tabaco

Porque estão a aparecer tantos tumores cerebrais?

Wi-Fi: uma perigosa e invisível ameaça à saúde. O que fazer?

Experiência: Plantas não crescem perto de roteadores Wi-Fi

Celular/telemóvel: Perigo à espreita

Antenas dos telemóveis: Dois pesos e duas medidas nas radiações?