Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Qui | 08.11.18

Os anti-depressivos

Medicinas Alternativas
 

 Antidepressivos reduzem a densidade óssea

Como resultado, os cientistas sugerem tomar apenas anti-depressivos o mais curto espaço de tempo possível. As drogas candidatas incluem os seguintes "ingredientes": bromidrato de citalopram, oxalato de escitalopram, cloridrato de fluoxetina, maleato de fluvoxamina, cloridrato de paroxetina e cloridrato de certralina.

Aparentemente, estes "ingredientes" podem trazer um desequilíbrio no metabolismo ósseo  e acelerar a atividade dos osteoclastos. Os osteoclastos são células ósseas degradadas. Isto significa que os antidepressivos conduzem a uma redução na densidade óssea (osteoporose) e, assim aumentar o risco de fracturas ósseas.

 

Quem toma antidepressivos arrisca a ter efeito colateral

O risco de fratura , segundo o estudo, aumenta após um ano de consumo de antidepressivos em 76 por cento mais do que no grupo de controlo que não tinha tomado anti-depressivos. Segundo esse mesmo estudo, estas drogas farmacêuticas são bem mais nefastas nos ossos do que outros fármacos.

 

Anti-depressivos para muitas causas

Na depressão, mas também com outros problemas muito diferentes se receitam os  anti-depressivos  como p.ex. em casos de dores crónicas, em casos de cancro/câncer e em casos de doenças graves.

 

Anti-depressivos durante a menopausa

Prescreve-se anti-depressivos em casos que nada têm a ver com a psique como p.ex. em sintomas da menopausa.

Depois vêm os efeitos secundários que não são de menosprezar, secura da boca, aumento de peso, distúrbios digestivos, insónias, tonturas e transpiração excessiva, porém mais graves são estes efeitos secundários como secura da boca permanentemente, insónias constantes ou frequentes, aumento de risco de AVC, cancro e até paragem cardíaca.

 

Fontes:

Zentrum Der Gesundheit

bbc.com/portuguese/ciencia/story/2007/01/070123_antidepressivoossosfn.shtml

Kopp Verlag

https://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/toma-anti-depressivos-entao-saiba-24587