Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Qui | 08.11.18

Partículas de plástico no sal do mar

Medicinas Alternativas
 

 

 Imagem: clipe, plástico, vistos ao microscópio!

 

Os resíduos de plástico da nossa civilização está poluindo agora lagos, rios e os oceanos em grandes quantidades. Não é de admirar, portanto, que os resíduos de plástico a partir das nossas lixeiras tenham chegado há muito tempo na cadeia alimentar: o microplástico até agora foi comprovado no mel, cerveja e na água engarrafada,

Até estas partículas de plástico serem comprovadas também no sal do mar, era apenas uma questão de tempo – e  agora foi comprovado isso mesmo. Para o seu estudo, Huahong Chi, em Xangai e outros colegas russos, procuraram em supermercados de diversas cidades chinesas e russas variedades comuns de sal do mar para analisar seu  conteúdo.

Resultado: Encontradas em todas as amostras partículas de plástico do tamanho médio de 200 micrometro e até de tamanho menor !

Por kg foram encontradas, entre 50 a 681 partículas de plástico.

 

Para reflectir: No maior rio europeu, o Danúbio, já há muito tempo lá há a nadar mais plástico do que

peixe !

E a poluição radioactiva que vai saindo há tanto tempo da central nuclear Fukuchima-Japão, já contaminou todo o Pacífico Norte. Contaminar o resto do Pacífico é apenas uma questão de tempo, até contaminar o resto dos oceanos. E assim o consumidor terá peixe no prato "radioactivo" e ainda com partículas de plástico !

E o peixe não está em melhor estado do que o sal, como é evidente. Estudos também assim o demonstram.

 

Fontes:

Prawda-TV

kopp-verlag

outras

https://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/particulas-de-plastico-no-sal-41445