Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

As Medicinas Tradicionais

Saúde; Medicinas Alternativas; Medicinas Naturais

Qui | 08.11.18

Sal caseiro

Medicinas Alternativas
 

 

 

Este sal caseiro pode ser usado por toda a gente e é muito mais saboroso que o sal vulgar (cloreto de sódio que é até prejudicial à saúde). Como tudo, não exagere na hora de colocar uma pitada deste sal na comida.

As plantas/ervas, que compõem este sal, são per se muito benéficas para a nossa saúde.

Por exemplo:

- O alecrim, ele dá sempre aquele sabor especial às batatas e não só, é estimulante, favorece a digestão, diminui o cansaço físico, ajuda o coração, levemente diurético.

- O manjericão é rico em vitaminas A, B, C, E e K, além de minerais como o cálcio, zinco, manganês, magnésio, ferro e potássio. Por ter magnésio, ele melhora a saúde do sistema cardiovascular, convida os músculos e vasos sanguíneos a relaxar, melhora o fluxo sanguíneo e reduz o risco de arritmias cardíacas. Por actuar como antioxidante, ajuda a controlar os níveis de colesterol e protege contra a acção dos radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce. Ajuda também a prevenir a formação de placas e acúmulo de gordura nas paredes das artérias. O manjericão possui flavonoides que protegem as estruturas celulares, os cromossomas contra a radiação e contra os efeitos dos radicais livres. Ele também é anti-inflamatório, estimulante digestivo, calmante, previne problemas digestivos e infecções no intestino.

- O orégão  é uma boa fonte de vitamina A, C, ferro e manganês, tem também antioxidante porque contém ácido fenólico e flavonoides, além de propriedades antimicrobianas, o que faz com que seja bom para ajudar a preservar alimentos. É estimulante das funções gástricas e biliares, sedativo, parasiticida, expectorante, diurético, carminativo, emenagogo, diaforético. Alivia dores reumáticas, estimula o sistema nervoso e o apetite.

 

Receita do sal:

30 gr. de alecrim fresco

30 gr. de manjericão fresco

20 gr. de orégão fresco

15 gr. de sal dos Himalaias ou de outra montanha não poluída; (veja o que se passa com todo o sal do mar)

 

Como preparar:

Colocar tudo num almofariz ou se preferir, coloque tudo na liquidificadora. Depois guarde tudo num frasco de vidro. Et voilá, a partir já tem o seu próprio sal delicioso e saudável.  

 

 

Fontes:

Plantas e Produtos Vegetais em Fitoterapia

https://as-medicinas-alternativas.blogs.sapo.pt/sal-caseiro-faca-voce-mesmo-81960